Notícias Actuais" (Update News)

Notícias antigas" (Past News)

 

  Casa Wolinski recebe Cau Gomez  
  Caricaturas de Ronaldo em salão de humor brasileiro  
  CR7 na Capitania de Aveiro: cartoons e publicações  
  PortoCartoon no Aeroporto: para ver e votar  
  Siza no Cartoon Internacional em Évora  
  Prémio Público: o Mundo decide  
  Humor Turco no Shopping Cidade do Porto  
  Artista belga conquista
Grande Prémio do
PortoCartoon 2017
 
  Plantu, concorrente habitual
do PortoCartoon, vence
Prémio Europeu de Cultura
 
  Siné morreu,
viva o humor!
 
  Humor de Wolinski
no Museu de Aveiro
 
  Livres, pobres e indignados
Levam humor internacional a Tondela
 
  PortoCartoon lança tema 2016
O Entendimento Global
Charlie Chaplin e Sara Sampaio
são prémios especiais de Caricatura
 
  PortoCartoon 2015
Ronaldo em caricatura
na Galeria do JN até fevereiro
 
  PortoCartoon espalha-se
de Alenquer até Braga
- Cinanima e Festival Ri aderem
 
  PortoCartoon World Festival
A Luz do Humor Mundial
em Espinho/Cinanima
 
  PortoCartoon na Feira
Humor de Bordalo Pinheiro
no 1.º festival de comédia
 
  A LUZ do Humor Mundial
de Alenquer à Nazaré
 
  PortoCartoon ilumina Óbidos
Vila Literária
 
  1º FARTOON – Prazo Inscrição alargado até 6 de novembro  
  PortoCartoon no Douro
Vinho do Porto com Humor
em S. João da Pesqueira
 
  Iniciativa do Museu da Imprensa
Bocage, o Inconformista
no encerramento da Feira do Livro do Porto
Domingo, 20.09 - 17H
 
  1º FARTOON
Inscrições até 2 de outubro
 
  PortoCartoon mostra
Wolinski em S. Paulo
 
  PortoCartoon 2015
A Luz no Aeroporto do Porto
 
  PortoCartoon 2015
A maior montra de humor do mundo
 
  Artista italiano torna-se
bicampeão do PortoCartoon
 
  PortoCartoon 2014
no Charlie Hebdo
 
  Wolinski, o Inconformista
leva Charlie Hebdo à Madeira
 
  Prémio do Público do
PortoCartoon 2014
 
  PortoCartoon 2014
no Charlie Hebdo
 
  Artista Colombiano
vence grande prémio 
PortoCartoon 2014
 
  Museu da Imprensa aberto
no Natal e “Ano Novo”
 
  Manoel de Oliveira
tem ‘humor mundial’
no Aeroporto do Porto
 
  PortoCartoon lança tema 2014
Água Viva / Terra Viva
 
  PortoCartoon leva Liberdade
à cadeia de Custóias
 
  Museu da Madeira recebe
Gutenberg com humor
 
  Cartoons sobre Gutenberg
no Aeroporto da Madeira
 
  Nova escultura reforça
a 'capital do cartoon'
 
  PortoCartoon em votação internacional  
  15º PortoCartoon-World Festival  
  PortoCartoon
em Santiago de Compostela
 
  Artista Servio vence
PortoCartoon 2013
 
  Aeroporto do Porto
adere ao Humor 3D
 
  Aeroporto do Porto
Exposição de humor
celebra Dia Mundial dos Museus de Cartoon
 
  PortoCartoon dá
“prémio do público”
a artista português
 
  PortoCartoon lança tema 2013
Liberdade, Igualdade e Fraternidade
- Manoel de Oliveira e Saramago são prémios especiais
 
  Cartum universitário luso-brasileiro
Jovem português recebe
três menções honrosas
 
  PortoCartoon
no Brasil e Bolívia
 
  Cartum universitário luso-brasileiro
Jovem português recebe
três menções honrosas
 
  PortoCartoon
no Brasil e Bolívia
 
  Tema: “Ricos, Pobres, Indignados”
Presidente da República
Abriu 14º PortoCartoon
 
  Crónica de Wolinski em Paris
in Charlie Hedbo, 4/julho/2012
 
  PortoCartoon apresenta-se na Bolívia com humor sobre Direitos Humanos  
  Cartunista Italiano
vence o XIV PortoCartoon
 
  ‘Passarola’ de Gusmão e aviões
Rio de Janeiro recebe
humor do PortoCartoon
 
  Stuart e a BD
no Museu da Imprensa
 
  Ronaldo vence prémio
do Público pela 2ª vez
 
  PortoCartoon mostra
humor mundial em Braga
 
  2º concurso luso-brasileiro
Museu da Imprensa e INTERCOM
desafiam o humor das universidades
 
  PortoCartoon
em votação
internacional
 
  PortoCartoon
evoca 'Padre Voador'
no Rio de Janeiro
 
  Humor mundial enche
a "capital do cartoon"
"Comunicação e Tecnologias" tema 2011
 
  Cartunista da Polónia
vence o XIII PortoCartoon
Plantu (Le Monde) recebe 2º Prémio
 
  Museu da Imprensa e INTERCOM
lançam concurso luso-brasileiro de humor
 
  Aeroporto do Porto apresenta Humor
Cartoons contra Desigualdades
 
 

Museu da Imprensa
leva a Coimbra
"Obama com humor"

 
  Festa da Caricatura
na Praça da Liberdade
 
  PortoCartoon voa alto
a partir de 23 de Junho
 
  PortoCartoon
em Cantanhede
 
  Artista moldavo
Vence Concurso
Europeu de Cartoon
 
  Cartunista da Polónia
vence o XII PortoCartoon
 
  'Jantar da crise' vence
Prémio do Público
 
  PortoCartoon 2010
evoca a 'passarola'
 
  Humor mundial
Mostra "Crises"
 
  Concurso Europeu de Cartoon - "Criatividade e Inovação"  
  Porto Capital do Cartoon:
"Crise" de IGNAT
passa a escultura pública
 
 

Cartoon Europeu no Rossio
Dezenas de desenhos sobre
o Diálogo Intercultural

 
  Evocação de Gutenberg
com humor internacional
 
  Cartunista da Roménia
vence o XI PortoCartoon
 
  Galeria "Obama com humor"  
  Artista chinês vence
"Prémio do Público"
 
Cartunista Turco
vence Concurso Europeu
  Livro de Humor contra Discriminação
Premiado pela Comissão Europeia
 
  Exposição virtual mostra
humor ibero-americano
 
  Cartoon Europeu em Lisboa
200 Desenhos de Humor
contra a Discriminação
 
  Cartunista Belga Vence
Concurso Europeu Cartoon
 
  Salão Francês acolhe PortoCartoon  
A "Globalização" do Humor
No IX PortoCartoon
O melhor do PortoCartoon
"PortoCartoon: o riso do mundo"
IX PortoCartoon em Livro
  PortoCartoon em Postais  
  Cartunista Polaco
Vence IX PortoCartoon
 
  Galeria Internacional da Caricatura" Mostrou o VIII PortoCartoon  
  Cartunista Turco vence
VIII PortoCartoon
 
  PortoCartoon em Livro de Wolinski
 
  Escondam Maomé!  
 

TEMA: Humor e Sociedade
Druzhinin vence VII PortoCartoon

 
  Museu Virtual do Cartoon
activa debate Internacional
 
  Ministra da Cultura
abriu o VII PortoCartoon
 
  Galeria Virtual "Cartoons 9/11"   
  Museu da Imprensa levou
Gutenberg à Argentina
 
  "Zé Povinho" faz 130 anos  
Direitos Humanos
no Humor Mundial
Stuart chega ao Porto
PortoCartoon apresenta
duas mostras em França
  PortoCartoon leva a
"Globalização" ao Brasi
l
 
  Salão de Humor
Luso-Brasileiro 
 
  800 desenhos 17 locais
Porto afirma-se como 
"Capital do Cartoon"
 
  X PortoCartoon
Direitos Humanos
 
  Porto, Capital do Cartoon  
  Humor sobre Gutenberg
na ESE de Coimbra
 
  "Água com Humor" nos 
200 Anos da Barra de Aveiro
 
  Augusto Cid vence
X PortoCartoon
 
  Público do IX PortoCartoon dá 
Prémio ao brasileiro Ronaldo
 
Melhores Cartoons Prémio Europeu
No Museu Nacional da Imprensa
 

^

 
 Casa Wolinski recebe Cau Gomez



Cau Gomez, prestigiado cartunista e caricaturista brasileiro, vai estar em Residência Artística na Casa Wolinski, pertencente ao Museu Nacional da Imprensa.

Durante dois meses, o artista vai orientar oficinas de temas variados todas as semanas.

Os workshops começam na semana de 23 de outubro e terminam a 20 de dezembro. As inscrições já se encontram abertas e devem ser feitas através do contacto com os Serviços Educativos do MNI.*

A Residência Artística conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto, no âmbito do projeto “In Residence” (Em Residência)..

As temáticas das oficinas regem-se pelo panorama atual da arte do desenho e humor. Entre vários tópicos, será abordada a figura do cartoonista atualmente, no tempo das redes sociais e das novas plataformas; a importância do cartoon nos meios de comunicação social; o cartoon e a censura e as diferentes técnicas de caricatura/cartoon.

Com 30 anos de profissão no humor gráfico e nas artes visuais e dezenas de prémios conquistados – um deles o Grande Prémio do PortoCartoon 2002 – Cau Gomez vem partilhar a sua arte e experiência com oficinas repletas de atualidade e pertinência.

O artista apresentará, em novembro, uma exposição com os seus principais trabalhos, na Galeria Daumier, no MNI. Também providenciará encontros em diferentes locais da cidade do Porto e com outros artistas.

Cau será o terceiro artista em Residência Artística, seguindo-se a Diego Herrera e Alessandro Gatto, que em 2015 e 2016, respetivamente, estiveram na Casa Wolinski durante o PortoCartoon-World Festival.

Pode consultar aqui o Programa completo das oficinas.

*Contactos Serviços Educativos MNI:
E-mail: servicoeducativo@museudaimprensa.pt
Tel: 225 304 966

Porto, Agosto 22, 2017


^

 
Caricaturas de Ronaldo em salão de humor brasileiro

PortoCartoon em S. PAULO

Uma exposição composta por dezenas de caricaturas sobre Cristiano Ronaldo faz parte da programação do 44.º Salão de Humor de Piracicaba (S. Paulo). A mostra poderá ser vista a partir do dia 26 de agosto, data de abertura do festival, no Centro Cultural do Engenho.

O Salão de Humor de Piracicaba é um dos mais antigos e prestigiados certames de humor gráfico a nível internacional. A exposição de Caricaturas do PortoCartoon insere-se na parceria estabelecida entre a Prefeitura de Piracicaba e o Museu Nacional da Imprensa/PortoCartoon-World Festival, em 2005. Inclui uma seleção dos trabalhos vencedores, menções honrosas e selecionados do Prémio Especial de Caricatura Cristiano Ronaldo do PortoCartoon 2016 e ainda desenhos extraconcurso. Os artistas representados são de países tão distintos como Bolívia, Brasil, Bulgária, Colômbia, Egito, Espanha, Irão, Portugal, Quénia, Roménia, Rússia, Tailândia, Turquia, entre outros.
  

Caricatura de Paulo Caruso (Brasil)

   

Esta secção do PortoCartoon, promovido pelo MNI, teve início em 2013 com as figuras de Manoel de Oliveira e José Saramago. Nesta linha, as escolhas subsequentes destacaram Nelson Mandela, Siza Vieira, Sara Sampaio e Chaplin. Este ano foi a vez de homenagear António Guterres e Pablo Picasso.
  

Caricatura de Paulo Caruso (Brasil)
 

Cristiano Ronaldo viu algumas destas caricaturas, em março deste ano, na exposição que fez parte da Cerimónia Oficial de inauguração do Aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo.

A exposição de Piracicaba ficará patente até 12 de outubro.

CR7 também em AVEIRO

Até 21 de setembro pode, também, ser vista a exposição “Cristiano Ronaldo: Caricatura e Imprensa Mundial”, composta por dezenas de caricaturas e publicações sobre o craque português, na Galeria da Antiga Capitania de Aveiro.


Exposição PortoCartoon em Aveiro


Neste momento há varias exposições PortoCartoon 2017 em diferentes locais do Grande Porto: Museu Nacional da Imprensa (PortoCartoon 2017, Guterres e Picasso), Aeroporto do Porto, Funicular dos Guindais (Porto), Casa Branca de Gramido (Gondomar), ViaCatarina Shopping, Instituto Universitário da Maia – ISMAI, Cafés Velasquez, Célia, Duas de Letra e Piolho, Edifício Transparente, Metro do Porto e também na Estação Ferroviária de Braga. Na Rua do PortoCartoon (Rua Miguel Bombarda) também podem ser vistos alguns desenhos até setembro.
Estas exposições inserem-se na política de descentralização cultural desenvolvida pelo Museu Nacional da Imprensa desde a sua inauguração, em 1997.
 


Exposição PortoCartoon em Aveiro


Porto, Agosto 22, 2017


^

 
CR7 na Capitania de Aveiro: cartoons e publicações

Cartoon de Santiagu (Portugal)

 

Cerca de 60 caricaturas e dezenas de publicações sobre Cristiano Ronaldo vão estar em exposição na Galeria da antiga Capitania de Aveiro a partir do dia 2 de agosto (4.ª f). A inauguração está marcada para as 18h30.

A mostra, organizada pelo Museu Nacional da Imprensa, é promovida pela Câmara Municipal de Aveiro. Inclui os trabalhos Vencedores, Menções Honrosas, Finalistas e Selecionados do Prémio Especial de Caricatura Cristiano Ronaldo da 17.ª edição do PortoCartoon-World Festival. Os artistas representados são de países tão distintos como Bolívia, Brasil, Bulgária, Colômbia, Egito, Espanha, Irão, Portugal, Quénia, Roménia, Rússia, Tailândia, Turquia, entre outros.

O grande destaque vai para o trabalho vencedor, do cartunista polaco Krzysztof Grondziel, bem como para o segundo prémio, atribuído ao português António Santos (Santiagu) e para o terceiro prémio entregue ao cartoonista Renato Aroeira, do Brasil.

Esta secção do PortoCartoon, promovido pelo MNI, teve início em 2013 com as figuras de Manoel de Oliveira e José Saramago. Nesta linha, as escolhas subsequentes destacaram Nelson Mandela, Siza Vieira, Sara Sampaio e Chaplin. Este ano foi a vez de homenagear António Guterres e Pablo Picasso.

Neste momento há exposições PortoCartoon no Museu Nacional da Imprensa (PortoCartoon 2017, Guterres e Picasso), Aeroporto, Funicular dos Guindais (Porto), Casa Branca de Gramido (Gondomar), ISMAI, Shopping Cidade do Porto, Via Catarina, Café Velasquez, Estação Ferroviária de Braga e Palácio de D. Manuel (Évora). Na Rua do PortoCartoon (Rua Miguel Bombarda) também podem ser vistos alguns desenhos até setembro.

Estas exposições inserem-se na política de descentralização cultural desenvolvida pelo Museu Nacional da Imprensa desde a sua inauguração, em 1997.

“Cristiano Ronaldo: Caricatura e Imprensa Mundial” ficará patente em Aveiro até ao dia 21 de setembro.
  

Porto, Julho 28, 2017


^

 
PortoCartoon no Aeroporto: para ver e votar

Está patente no Aeroporto Francisco Sá Carneiro uma extensão da 19.ª edição do PortoCartoon-World Festival, dedicado ao tema “O Turismo“. A exposição apresenta, na área pública de chegadas, mais de 40 desenhos, designadamente os Premiados, Menções Honrosas e finalistas do PortoCartoon 2017.

 


 

O Aeroporto do Porto foi considerado, em março, o Melhor da Europa pelo Airports Council Internacional e, em abril, o terceiro melhor do Mundo, segundo um inquérito da Deco. O PortoCartoon é considerado um dos três mais importantes certames de humor gráfico a nível mundial. Aliar um espaço que recebeu mais de cinco milhões de passageiros em voos comerciais, nos primeiros seis meses deste ano, localizado na cidade eleita Melhor Destino Europeu de 2017, a um festival de humor com impacto mundial, não podia fazer mais sentido.

Os trabalhos expostos no átrio das chegadas foram selecionados pelo Júri Internacional entre as cerca de 1500 obras recebidas, de mais de 400 artistas, oriundas de 62 países distintos. Brasil, Irão, Roménia e Portugal foram os países com maior participação.

A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional a atribuir 28 Menções Honrosas integradas na exposição e que pertencem a artistas de diferentes países: Bélgica (1), Brasil (4), China (1), Espanha (2), Egito (1), EUA (1), Irão (1), Itália (2), Polónia (2), Portugal (7), Rússia (1), Sérvia (1), Turquia (2), Ucrânia (1) e Índia (1).
 

O artista belga Luc Vernimmen, vencedor do Grande Prémio da 19.ª edição, e Angel Boligan, do México, vencedor do 3º Prémio, participaram em toda a programação do PortoCartoon 2017, que decorreu de 21 a 25 de junho.


No local da exposição, os visitantes podem também votar no seu cartoon preferido, utilizando para o efeito os boletins de voto e a urna ali presentes. Há ainda uma urna no Museu Nacional da Imprensa e a opção de efetuar a votação online, no Museu Virtual do Cartoon. O artista cujo trabalho obtenha o maior número de votos será o vencedor do Prémio Público e terá uma exposição antológica no PortoCartoon 2018. A votação decorre até 31 de dezembro.



A mostra principal do certame de humor está patente no Museu Nacional da Imprensa, onde podem ser apreciados cerca de 520 desenhos e esculturas. As exposições dos Prémios Especiais de Caricatura subordinados a Pablo Picasso e António Guterres podem, também, ser visitadas no MNI.


Neste momento há exposições PortoCartoon no Aeroporto, Funicular dos Guindais (Porto), Casa Branca de Gramido (Gondomar), ISMAI, Shopping Cidade do Porto, Via Catarina, Café Velasquez, Estação Ferroviária de Braga e Palácio de D. Manuel (Évora). Na Rua do PortoCartoon (Rua Miguel Bombarda) também podem ser vistos alguns desenhos até setembro.

A exposição no Aeroporto ficará patente até ao final do ano.

Porto, Julho 20, 2017


^

   
Siza no Cartoon Internacional em Évora

Cartoon de Ivan Prado (Alemanha)

 

Cerca de 50 cartoons integram a exposição “Siza Vieira no Cartoon Internacional”, para ver até ao final do mês de julho, na Galeria do Palácio de D. Manuel, em Évora.

Os desenhos foram elaborados por vários caricaturistas, de diferentes países, no âmbito do XIV PortoCartoon-World Festival.

Trata-se de uma seleção feita pelo Júri Internacional presidido por George Wolinski, célebre desenhador francês do Paris Match e Charlie Hebdo.

Os Prémios Especiais de Caricatura iniciaram-se em 2013, no âmbito do PortoCartoon, e foram subordinados a Manoel de Oliveira e José Saramago.

Na edição de 2014, convidámos os artistas a trabalharem sobre Nelson Mandela, além de Siza Vieira. Em 2015 foi a vez de Cristiano Ronaldo e Ernest Hemingway serem caricaturados. Seguiram-se Sara Sampaio e Charlie Chaplin. Este ano os cartoonistas foram desafiados a mostrar a sua visão sobre António Guterres e Pablo Picasso.

 

Cartoon  de Santiagu (Portugal)

Cartoon de Alireza Pakdel (Irão)

Porto, Julho 5, 2017


^

   
Prémio Público: o Mundo decide

A votação para eleger o Prémio Público do PortoCartoon 2017, subordinado ao tema “Turismo”, encontra-se, oficialmente, aberta no Museu Virtual do Cartoon e no Museu Nacional da Imprensa (urna).

Qualquer pessoa, de qualquer parte do mudo, pode votar no seu cartoon favorito entre os 43 selecionados pelo Júri internacional do 19th PortoCartoon-World Festival, em março.

A votação é independente da decisão do Júri, que elegeu Luc Vernimmen, da Bélgica, como grande vencedor do PortoCartoon 2017, com a obra “Sustainable Tourism”. A opinião do Júri e do Público coincidiu apenas uma vez, em 2015, com o desenho vencedor de Alessandro Gatto (Itália), “Window”, sobre o tema da 17.ª edição, “A LUZ”.

Nesta categoria já foram também contemplados, desde 2006, Diego Herrera – Yayo (Canadá), Fernando Camarneiro Costa (Portugal), António Santos – Santiagu (Portugal), Zygmunt Zaradkiewicz (Polónia), Guo Zhong (China), Ludo Goderis (Bélgica), Ronaldo Cunha Dias (Brasil – duas vezes), e Emrah Arikan (Turquia). Emrah, vencedor de 2016, tem a sua exposição antológica patente no Shopping Cidade do Porto até 6 de agosto.

 

Os cartoons em disputa são provenientes de países tão diferentes como Bélgica, Bielorrússia, Brasil, Bulgária, China, Espanha, E.U.A., França, Indonésia, Irão, Itália, México, Polónia, Roménia, Sérvia, Turquia e Ucrânia. De Portugal, estão em votação os trabalhos dos cartoonistas Aurélio Mesquita, Duarte Guerreiro, Fernando Saraiva e Vasco Gargalo.
 

O vencedor do Prémio Público 2017 será convidado a apresentar uma exposição individual no PortoCartoon 2018.

O público poderá votar até ao dia 31 de dezembro na sua obra de eleição, através da internet ou na urna física disponível no MNI.

Porto, Julho 3, 2017


^

   
Humor Turco no Shopping Cidade

 

Depois de quatro dias repletos de atividades (21 a 25 junho), o PortoCartoon alarga a sua programação para o espaço público, com a exposição Humor Turco, no Shopping Cidade do Porto, a partir de 4 de julho.

Trata-se da mostra antológica do artista Emrah Arikan, vencedor do Prémio Público 2016, com a obra “No war”. O Prémio Público do PortoCartoon resulta de uma votação a nível mundial, feita através do Museu Virtual do Cartoon e em urnas de voto colocadas em diversos locais, de junho a dezembro.

Emrah é o primeiro artista oriundo da Turquia a vencer esta categoria e esteve no Porto há poucos dias na inauguração do PortoCartoon 2017.
 

Nesta categoria já foram contemplados artistas como o Alessandro Gatto (Itália), Diego Herrera – Yayo (Canadá), Fernando Camarneiro Costa (Portugal), António Santos – Santiagu (Portugal), Zygmunt Zaradkiewicz (Polónia), Guo Zhong (China), Ludo Goderis (Bélgica) e Ronaldo Cunha Dias (Brasil), que venceu duas vezes.
 

A exposição de Emrah Arikan apresenta trabalhos fortes e incisivos sobre problemas da atualidade, como a liberdade de expressão, o drama dos imigrantes, a discriminação, a dependência tecnológica e imposições culturais como o ‘noivado infantil’.
 

A mostra estará patente no Shopping Cidade do Porto até ao dia 6 de agosto.

A montagem de exposições em espaços públicos é uma das particularidades do Museu Nacional da Imprensa. Estas ações inserem-se numa perspetiva de descentralização cultural seguida pelo MNI, desde a abertura em 1997, e pretende espalhar a cultura e o humor por diferentes cidades. Neste momento, além das mostras no Museu, há exposições do PortoCartoon em Évora, Gondomar e Braga. A partir do mês de julho, vários locais do Porto – além do Aeroporto e do ISMAI – vão acolher extensões do PortoCartoon 2017.

Porto, Julho 3, 2017


^

  
Artista belga conquista
Grande Prémio do
PortoCartoon 2017

Grande prémio PortoCartoon
Luc Vernimmen - "Sustainable Tourism", Bélgica

 

O artista belga Luc Vernimmen é o vencedor do Grande Prémio do 19º PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa e subordinado ao tema ONU 2017, O Turismo. A obra intitula-se “Sustainable Tourism”.

 

Segundo prémio PortoCartoon
Jitet Kustana - "Sunbathing in the Beach", Indonésia


O Segundo Prémio foi atribuído a Jitet Kustana, da Indonésia, com a obra “Sunbathing in the Beach” e o Terceiro Prémio pertence a Angel Boligan, do México.

 

Terceiro prémio PortoCartoon
Angel Boligan, México

 

 

Português António Santos (Santiagu) recebe Prémio de Caricatura Guterres

 

A edição deste ano contemplou dois Prémios Especiais de Caricatura centrados em duas grandes figuras de relevo mundial: Pablo Picasso (1881-1973), em evocação da famosa Guernica (80 anos), e António Guterres (1949 -). Os vencedores foram, respetivamente, Dalcio Machado (Brasil) e António Santos – Santiagu (Portugal).

 

Prémio especial Pablo Picasso
Dalcio Machado, Brasil
 

Prémio especial António Guterres
António Santos - Santiagu, Portugal

 

Trata-se da primeira vez que um artista português conquista o 1º lugar dos Prémios Especiais de Caricatura do PortoCartoon, iniciados em 2013. Nesta mesma categoria, o 3º lugar foi atribuído a uma caricatura de outro português, Vasco Gargalo. Santiagu obteve, ainda, uma Menção Honrosa sobre Picasso e Vasco Gargalo foi, também, contemplando com uma Menção Honrosa no Tema Principal, assim como o artista português Aurélio Mesquita.

A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional a atribuir mais de 20 Menções Honrosas a artistas de países tão diferentes como Brasil, Itália, Rússia, Turquia, Espanha, Bulgária, USA, China, Polónia, Ucrânia, Sérvia, França, Índia, Irão, México e Egito.

 

Em apreciação estiveram mais de 1500 obras, de mais de 400 artistas, oriundos de 62 países distintos.

Brasil, Irão, Roménia e Portugal assumem-se como os países com maior participação.

Com esta 19ª edição, o PortoCartoon volta a reforçar o seu lugar no pódio dos certames internacionais de desenho de humor e mostra a pertinência da classificação do Porto com o 'Capital do Cartoon', atribuída em 2008.

O Júri internacional do 19º PortoCartoon teve como Presidente Honorário Georges Wolinski - cartunista do Charlie Hebdo assassinado em 2015, em Paris, e que durante uma década tinha sido presidente do Júri. Integraram o Júri 2017: Bernard Bouton (presidente da FECO), Inês Moreira (Faculdade de Belas Artes do Porto), Luiz Humberto Marcos (diretor do Museu Nacional da Imprensa), Roberto Merino (encenador) e Xaquín Marín (fundador do Museo de Humor de Fene, Espanha).

Os vencedores do 19º PortoCartoon receberão os troféus (desenhados por Siza Vieira) e os Prémios durante a cerimónia de abertura da exposição, que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa e noutros locais do Grande Porto, em junho.

Porto, 28 de Março de 2017


^

   
Plantu, concorrente habitual
do PortoCartoon, vence
Prémio Europeu de Cultura

 
O Prémio Europeu de Cultura de 2016 foi atribuído ex-aequo a Plantu e Eduardo Lourenço, por um júri internacional, organizado pelo Centro Nacional da Cultura, em homenagem à sua fundadora, a jornalista Helena Vaz da Silva.
Vários desenhos de Plantu, vencedor do Prémio Europeu de Cultura 2016, estão patentes no 18º PortoCartoon, no Museu Nacional da Imprensa, até dezembro.
Concorrente habitual do PortoCartoon-World Festival. o cartunista de 'Le Monde' recebeu este ano o 3º Prémio, com um desenho sobre o Entendimento Mundial (tema principal) denominado 'Viva a Utopia' (sic).

Este cartoon remete para a utopia de Thomas More, sugestão indicada no regulamento do concurso por se articular com a ideia do entendimento munidal preconizado há 500 anos pelo escritor inglês, com base do 'testemunho' de um marinheiro português (Rafael Hitlodeu) ouvido na Holanda.desenhos de Plantu integram a exposição inaugurada no dia 23 de junho, no Museu da Imprensa, e podem ser vistos também na Internet, no Museu Virtual do Cartoon (www.cartoonvirtualmuseum.org).
 
Em edições anteriores, Plantu recebeu outros prémios do PortoCartoon e em todos os desenhos está patente a sua preocupação com os valores da paz, da tolerância, da liberdade e da igualdade.
 
De acordo com o júri do prémio Europeu de Cultura, os vencedores têm demonstrado, ao longo dos anos e com linguagens diferentes, "um compromisso corajoso e contínuo para tornar mais clara a atualidade, e mais fácil a reflexão sobre a sociedade e a defesa do património de valores". O prémio do CNC começou em 2013, em parceria com a organização Europa Nostra e o Clube Português de Imprensa.
 

Porto, 04 de Julho de 2016


^

   
Siné morreu,
viva o humor!

Sine


Siné morreu hoje (5.05.16) em Paris, com 87 anos.
Além de Wolinski, terá sido um dos principais humoristas estrangeiros a retratar Portugal depois do 25 de Abril de 1974. No Charlie Hebdo.
O seu cartoon sobre o desmembramento da bandeira portuguesa tornou-se um ícone.
Fundador do Charlie Hebdo, Siné era conhecido pelo seu radicalismo.
Há um ano, na exposição “25 de abril: O Humor na Imprensa” , o Museu Nacional da Imprensa mostrou cinco dos seus trabalhos.
  

Republica_a62_s2_n15434_1974_maio11_capa_Sine_p

O1oDeMaio_a1_n4_1974_julho15_capa_Sine_p

Reproduzimo-los aqui, numa singela homenagem a um grande jornalista do humor gráfico que trabalhou em diferentes jornais e revistas: L'Express, Le Monde, Libération e L'Humanité.
Com o seu traço inconfundível, editou vários livros.
Maurice Sinet morreu.
O humor de Siné ficará para sempre a atestar a veia de um artista irrequieto, anarquista, que rasgou horizontes. Viva o (seu) humor.

    

LHM

    

Hiperligações:

 

L’Express
http://www.lexpress.fr/culture/le-dessinateur-sine-mort-a-87-ans_1789430.html
 

Le Monde
http://www.lemonde.fr/culture/article/2016
/05/05/le-caricaturiste-sine-est-mort-a-l-age-de-87-ans_4914318_3246.html
 

Libération
http://www.liberation.fr/france/2016/05/05/
sine-dessinateur-historique-de-charlie-hebdo_1450701
 

L’Humanité
http://www.humanite.fr/mourir-plutot-crever-disait-sine-606421

     

SempreFixe_NumeroEspecial_1978_set28_Sine_p
 
SempreFixe_n6_s2_Supl_1974_maio11_Sine_p
 
CharlieHebdo_n182_1974_maio13_p8e9_Sine_p

Porto, 05 de Maio de 2016


^

   
Artista iraniana
vence PortoCartoon

XVIIIPC_GrandePremio_Irao_MahboobehPakdel_p
Grande Prémio PortoCartoon:
Mahboobeh Pakdel, Irão

    

A artista Mahboobeh Pakdel, do Irão, foi a vencedora do Grande Prémio do 18º PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa e subordinado ao tema “O entendimento global”.  A obra intitula-se “Emigration”.

 
XVIIIPC_2oPremio_Turquia_MuhtinKoroglu_TL_p
2º Prémio PortoCartoon:
Muhittin Koroglu, Turquia

 

O Segundo Prémio foi atribuído a Muhittin Koroglu, da Turquia.

 

XVIIIPC_3oPremio_exAequo_Franca_Plantu_p
Terceiro Prémio PortoCartoon ex-aequo:
Plantu, França

XVIIIPC_3oPremio_exAequo_Romenia_MihaiIgnat_p Terceiro Prémio PortoCartoon ex-aequo:
Mihai Ignat, Roménia


o Terceiro Prémio ex-aequo a Plantu (França), com a obra intitulada “Viva a Utopia!”, e Mihai Ignat (Roménia).O desenho de Plantu, caricaturista da 1ª página de Le Monde, tem todo o texto em português. Koroglu e Ignat já haviam ganho o Grande Grémio em 2003 (tema: Água)  e 2009 (tema:Crises), respetivamente.

XVIIIPC_CharlieChaplin_1oPremio_Brasil_CauGomez_p
1º Premio Charlie Chaplin:
CauGomez, Brasil
XVIIIPC_SaraSampaio_1oPremio_Italia_MarzioMarianiOddonkey_p
1º Prémio Sara Sampaio:
Marzio Mariani Oddonkey, Itália

A edição deste ano contemplou dois prémios especiais de caricatura, em homenagem à figura imortal do cinema, Charlie Chaplin e à modelo internacional Sara Sampaio. Os vencedores foram, respetivamente, Cau Gomez (Brasil),  e Marzio L. Mariani, de (Itália).

 

XVIIIPC_CharlieChaplin_2oPremio_Italia_MariagraziaQuaranta_p
2º Premio Charlie Chaplin:
Maria Grazia Quaranta

XVIIIPC_CharlieChaplin_3oPremio_Brasil_LuizCarlosFernandes_p
3º Prémio Charlie Chaplin:
Luiz Carlos Fernandes, Brasil
XVIIIPC_SaraSampaio_2oPremio_Romenia_NicoletaIonescu_p
2º Prémio Sara Sampaio :
Nicoleta Ionesco, Romenia

XVIIIPC_SaraSampaio_3oPremio_Brasil_LuizCarlosFernandes_p

3º Prémio Sara Sampaio:
Luiz Carlos Fernandes, Brasil

 

A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional a atribuir ainda 12Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Brasil, Espanha, Irão (2), Israel, Itália, México (2), Portugal, Rússia, Turquia e Ucrânia.

Em apreciação estiveram cerca de 1800 obras, de quase 500 artistas, oriundas de 60 países de todos os continentes.
Irão é o país com maior participação: mais de duas centenas de trabalhos, de 60 cartunistas. Seguem-se-lhe a Roménia, Brasil, Turquia, Portugal, China, Sérvia e Ucrânia.
Com esta 18ª edição, o PortoCartoon volta a reforçar o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de desenho de humor e mostra a pertinência da classificação do Porto com o ‘capital do cartoon’, atribuída em 2008.
O Júri internacional do 18º PortoCartoon teve como Presidente Honorário Georges Wolinski – cartunista do Charlie Hebdo assasssinado em 2015, em Paris, e que durante uma década tinha sido presidente do Júri. Integraram o Júri 2016: Bernard Bouton (presidente da FECO), Luís Humberto Marcos (diretor do Museu Nacional da Imprensa), Luís Mendonça (representante da Faculdade de Belas Artes do Porto), Roberto Merino (encenador) e Xaquín Marín (fundador do Museo de Humor de Fene, Espanha).

Os vencedores do 18º PortoCartoon receberão os troféus (desenhados por Siza Vieira) e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa e noutros locais do Grande Porto, em junho.
A importância do tema central do PortoCartoon 2016, em sintonia com a UNESCO que denominou 2016 como Ano do Entendimento Global, e a elevada qualidade dos trabalhos foram sublinhadas pelos membros do Júri, na conferência de imprensa realizada no Museu Nacional da Imprensa.

Porto, 04 de Abril de 2016


^

   
Humor de Wolinski
no Museu de Aveiro
wolinksky_oinconformista

Uma exposição do Museu Nacional da Imprensa (MNI) sobre Wolinski, jornalista assassinado no atentado contra o Charlie Hebdo, vai estar em exibição de 19 de março a 1 de maio, na Sala de Exposições Temporárias do Museu de Aveiro (Santa Joana). Trata-se de uma mostra única que contempla desenhos originais, livros, revistas (Paris-Match) e jornais (Charlie Hebdo e Hara-Kiri), num total de mais de 200 peças.
“Wolinski, o Inconformista” (título da exposição) pretende evidenciar a figura do autor de humor mais publicado em França, cuja carreira jornalística superara os 52 anos.
O homenageado trabalhava, até ao massacre de Paris, no Charlie Hebdo, Paris Match e no Journal du Dimanche, depois de ter colaborado com muitas outras publicações como o Libération, Hara-Kiri e L’ Écho des Savanes.

Georges Wolinski foi, de 2004 a 2014, Presidente do Júri do PortoCartoon World Festival, organizado pelo MNI. Desta estreita relação com o festival, e das suas frequentes vindas ao Porto, resultaram algumas crónicas sobre esta cidade no Charlie Hebdo.
O Museu Nacional da Imprensa apresentou, em 2012, a primeira exposição de Wolinski fora de França, em cuja inauguração o autor esteve presente.

Porto, 15 de Março de 2016


^

   
PortoCartoon World Festival
Ricos, pobres e indignados
Levam humor internacional a Tondela

Dezenas de desenhos do PortoCartoon estão em exposição, desde 29 de janeiro, na Galeria ACERT da Associação Cultural e Recreativa de Tondela. A mostra “Ricos, pobres e indignados” representa uma das edições do festival de humor internacional promovido pelo Museu Nacional da Imprensa.

Nesta exposição podem ser vistos trabalhos de cartunistas de países tão distintos como Bélgica, Brasil, China, Espanha, França, Irão, México, Portugal, Reino Unido, Sérvia, Síria e Ucrânia.
O especial destaque vai para os trabalhos premiados de Alessandro Gatto (Itália), Felipe Galindo (México/ EUA), Omar Turcios (Colômbia) e Valery Doroshenko (Ucrânia).

Todos os trabalhos revelam a indignação de todos os cartunistas perante as desigualdades geradas pela crise e a forma como isso afeta as democracias atuais.
 
O especial destaque vai para os trabalhos premiados de Alessandro Gatto (Itália), Felipe Galindo (México/ EUA), Omar Turcios (Colômbia) e Valery Doroshenko (Ucrânia). Todos os trabalhos revelam a indignação de todos os cartunistas perante as desigualdades geradas pela crise e a forma como isso afeta as democracias atuais.

A mostra estará patente até 13 de março.

Porto, 1 de Fevereiro de 2016


^

   
PortoCartoon lança tema 2016
O Entendimento Global
Charlie Chaplin e Sara Sampaio
são prémios especiais de Caricatura
xviii_pc_logo
    

“O Entendimento Global” vai servir de mote para o PortoCartoon – World Festival de 2016, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa.
O convite à participação acaba de ser lançado aos cartunistas de todo o mundo e apresenta as figuras emblemáticas de Charlie Chaplin e Sara Sampaio para prémio especial de caricatura.Como se pode ler no Regulamento do PortoCartoon 2016
(http://www.cartoonvirtualmuseum.org/
eventos/pc/xviii/xviiiportocartoon_2016.pdf ), “foi com ironia que, há cinco séculos, Thomas Moore, pensou em utopias depois de criticar os abusos de poder, as desigualdades e distorções da época em que vivia.
A sua cidade utópica continua a ser um belo contraponto às confusões e desmandos mundiais”.

Em sintonia com o tema escolhido pela UNESCO – O Entendimento Mundial – “constitui, em si mesmo, um horizonte da utopia. Por isso mesmo, 500 anos depois, a Utopia (1516) continua a ser um livro precioso, pela sua atualidade.” Considerando que vivemos uma época de “contradições, conflitos, manifestações de força, abusos, dramas migrantes, violações de direitos, novos muros, ganância e estupidez de diferentes poderes que controlam o mundo”, os organizadores do PortoCartoon sublinham a importância da arte do cartoon para “promover o entendimento mundial, com o desentendimento do humor”.
Voltando às palavras que Georges Wolinksi deixou gravadas no catálogo do PortoCartoon 2009, “o humor precisa da desgraça, do desastre, do desespero, da crise de nervos, para desabrochar”

Charlie Chaplin e Sara Sampaio

Na sua 18.ª edição, o PortoCartoon lança mais dois prémios especiais de caricatura. Com início em 2013, o Prémio Especial de Caricatura focou, nesse ano, figuras como José Saramago e Manoel de Oliveira; em 2014 foi a vez de Nelson Mandela e Siza Vieira em 2015 Ernest Hemingway e Cristiano Ronaldo.
Para os Prémios especiais de Caricatura 2016, estão designadas duas grandes figuras de fama mundial: Charlie Chaplin (1989-1971) e Sara Sampaio Sara Sampaio (1991- ).
Há cem anos Charles Chaplin vivia o seu ano de ouro. Em 1916 produziu alguns dos filmes de comédia mais importantes da história do cinema. Foi o ano de maior produção chapliniana: oito filmes, entre eles O Vagabundo (cuja personagem já havia criado em 1914). Figura imortal da história do cinema, Chaplin continua a encantar miúdos e graúdos em todo o mundo.
Sara Sampaio, manequim natural do Porto e a viver em Nova Iorque, tem sido capa das revistas de moda mais famosas do mundo. Alguns dos anúncios que protagoniza têm um cariz risível, como o de fazer derreter o gelo, numa marca de hambúrguer.
Está assim lançada mais uma edição do PortoCartoon World Festival, que decorrerá, como vem sendo hábito, em –Junho do próximo ano, integrando as Festas da Cidade do Porto – Capital do Cartoon.

Porto, 21 de Dezembro de 2015


^

   
PortoCartoon 2015
Ronaldo em caricatura
na Galeria do JN até fevereiro

XVIIPC_CRonaldo_1oPremio_KrzysztofGrzondziel_Polonia

Mais de cinquenta caricaturas de Cristiano Ronaldo vão estar em exposição na Galeria do Jornal de Notícias a partir de 3 de dezembro, 5.ª –feira, às 18H.
Cristiano Ronaldo e Ernest Hemingway foram as figuras eleitas para o Prémio Especial de Caricatura do PortoCartoon 2015. Esta secção do festival internacional de humor, promovido pelo Museu Nacional da Imprensa, teve início em 2013. Na primeira edição, os prémios especiais de caricatura foram subordinados a Manoel de Oliveira e José Saramago. No PortoCartoon 2014 foram contemplados dois prémios especiais de caricatura, em homenagem a Nelson Mandela e a Siza Vieira.

XVIIPC_CRonaldo_3oPremio_RenatoAroeira_Brasil
 
A mostra que se apresenta na Galeria do JN inclui os trabalhos vencedores, menções honrosas, finalistas e selecionados do Prémio Especial de Caricatura Cristiano Ronaldo. Os artistas representados são de países tão distintos como Colômbia, Bolívia, Bulgária, Brasil, Egito, Espanha, Irão, Quénia, Roménia, Rússia, Tailândia, Turquia, entre outros. O grande destaque vai para o trabalho vencedor do cartunista polaco Krzysztof Grondziel, bem como o Segundo Prémio, atribuído ao português António Santos (Santiagu) e o Terceiro Prémio de Renato Aroeira, do Brasil.
A exposição, que conta com o apoio do JN e de O Jogo, pode ser visitada até ao final de fevereiro, de 2.ª a 6.ª das 10H às 19H.
 
http://museudaimprensa.pt/sitemuseuwp/wpress/wp-content/uploads/2015/11/XVIIPC_CRonaldo_2oPremio_AntonioSantos_Portugal-290x413.jpg

Porto, 30 de Novembro de 2015


^

   
PortoCartoon espalha-se
de Alenquer até Braga
- Cinanima e Festival Ri aderem

Vinte e seis exposições levam o humor do PortoCartoon World Festival a diferentes pontos do país. São várias as mostras ao alcance dos portugueses apreciadores de cartoon, resultado da política de descentralização cultural que o Museu Nacional da Imprensa tem vindo a desenvolver desde 1997.

O grande foco de expositivo situa-se, até ao final do mês de novembro, em vários municípios da Comunidade Intermunicipal do Oeste. Trata-se de uma exposição polinucleada do PortoCartoon 2015, cujo tema foi A Luz, em sintonia com escolha temática da ONU para o ano em curso. Esta exposição envolve dez núcleos em municípios da CIM Oeste: Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré e Óbidos. Para visitar integralmente a exposição, denominada PortoCartoon - A LUZ do Humor Mundial, será necessário percorrer todo o circuito humorístico. Outros trabalhos do PortoCartoon 2015 estarão em exibição na Galeria do Centro Multimeios de Espinho, durante o festival Cinanima, de 9 a 15 de novembro.

A primeira edição do Ri – Festival Nacional de Comédia integrará também uma mostra de caricaturas de Bordalo Pinheiro, no Cineteatro António Lamoso, em St.ª Maria da Feira, de 6 a 8 de novembro.

O PortoCartoon passa ainda pelo Museu do Vinho Bairrada (Anadia) com a exposição Siza Vieira no Humor Mundial (até 6 dezembro), pelo Museu do Vinho de S. João da Pesqueira com a exposição Vinho do Porto no Humor Mundial (até final do ano).

Outras mostras paralelas do PortoCartoon 2015 podem ainda ser visitadas na Maia (Aeroporto), no Porto, em locais como o Edifício Transparente, Funicular dos Guindais, o Clérigos Café & Brasserie e os cafés Célia, Progresso, Piolho e Velasquez. Na Estação de comboios de Braga está também patente a exposição PortoCartoon - O Riso do Mundo.

Para além destas exposições descentralizadas, podem ser visitadas todos os dias até ao final do ano no MNI a mostra integral do PortoCartoon 2015 A Luz, o Tributo a Wolinski e o Prémio Especial de Caricatura Cristiano Ronaldo. A destacar ainda a exposição permanente O Riso do Mundo, na Galeria Internacional do Cartoon.

Porto, 5 de Novembro de 2015


^

   
PortoCartoon World Festival
A Luz do Humor Mundial
em Espinho/Cinanima


 

Dezenas de trabalhos do PortoCartoon vão estar em exposição na Galeria do Centro Multimeios de Espinho, no âmbito do Cinanima. Este Festival Internacional de Cinema de Animação decorrerá de 9 a 15 de novembro.

A exposição de cartoon, com o tema A luz, contempla os trabalhos premiados e menções honrosas da edição de 2015 do festival de humor promovido pelo Museu Nacional da Imprensa. O destaque vai para o Grande Prémio de Alessandro Gatto (IT), o 2.º Prémio de Izabela Kowalska-Wieczorek (PL) e o 3.º Prémio de Andrei Popov (RU).

Na sua 17.ª edição, o PortoCartoon reforçou o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de desenho de humor, mostrando a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuída em 2008. Em apreciação estiveram cerca de 1700 obras, de quase 500 artistas, oriundas de todos os continentes.

No ano do atentado ao jornal satírico Charlie Hebdo (7.01.2015), o tema da Luz assume especial pertinência para o PortoCartoon e está em sintonia com a escolha temática da ONU para 2015. Os trabalhos desta edição do festival de humor revelam a importância do cartoon como arte de reflexão e intervenção social.

O humor do PortoCartoon associa-se assim ao Cinamina, um festival que conta já com 38 anos de existência e que, segundo a organização, “não é feito apenas de filmes”.


 

Porto, 3 de Novembro de 2015

^

   
PortoCartoon na Feira
Humor de Bordalo Pinheiro
no 1.º festival de comédia


 

Várias caricaturas de Rafael Bordalo Pinheiro vão estar em exibição na primeira edição do Ri – Festival Nacional de Comédia, em Santa Maria da Feira. O evento decorrerá de 6 a 8 de novembro, no Cineteatro António Lamoso.

A mostra consiste numa seleção de trabalhos de vários cartunistas estrangeiros, participantes do PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa. Bordalo Pinheiro, figura incontornável do universo artístico e cultural, autor de um dos maiores símbolos do povo português, o Zé Povinho, surge, assim, representado pelo humor de artistas internacionais.

A exposição, comissariada pelo Diretor do MNI, Luís Humberto Marcos, estará patente durante os três dias do festival, no foyer do CTAL.

Porto, 2 de Novembro de 2015

^

   
A LUZ do Humor Mundial
de Alenquer à Nazaré

Mais de duas centenas de cartoons vão espalhar o humor pela Comunidade Intermunicipal do Oeste, de Alenquer à Nazaré, a partir de 22 de Outubro.

Trata-se de uma exposição polinucleada do PortoCartoon 2015, cujo tema foi A Luz, em sintonia com escolha temática da ONU para o ano em curso. Esta exposição envolve nove núcleos que serão inaugurados simultaneamente em nove municípios da CIM Oeste: Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré e Óbidos.

Com núcleos autónomos mas interligados, esta exposição - inédita na sua filosofia descentralizadora na região - será espalhada pelos diferentes concelhos, tendo como epicentro um conjunto mais alargado em Óbidos, inserido no FOLIO - Vila Literária. Para visitar integralmente a exposição, denominada PortoCartoon - A LUZ do Humor Mundial, será necessário percorrer todo o circuito humorístico.

Em exibição estarão os trabalhos de dezenas de cartunistas de todo o mundo, que abrilhantaram e fizeram, mais uma vez, do festival de humor promovido pelo Museu Nacional da Imprensa um dos mais importantes certames de humor gráfico do mundo. Além dos trabalhos premiados, os visitantes poderão apreciar o humor de países como Brasil, Argentina, Espanha, França, Rússia, Polónia, Indonésia, Itália, Bélgica, Croácia, Roménia, Irão, Sérvia, Turquia, entre muitos outros.

A exposição irá ficar patente, nos diferentes locais, até ao final de novembro.

Na Galeria do Pelourinho, em Óbidos, está ainda uma representação institucional do MNI, através de uma exposição de alguns dos seus objetos emblemáticos, como instrumentos tipográficos, um prelo de provas - para impressão manual pelos visitantes - uma miniatura de máquinas tipográficas e o troféu do PortoCartoon World Festival, da autoria de Siza Vieira.

Porto, 22 de Outubro de 2015

^

   
PortoCartoon ilumina Óbidos - Vila Literária

 
Dezenas de desenhos do PortoCartoon, com o tema A Luz, vão estar em exposição no 1.º Folio (Festival de Literatura Internacional de Óbidos), cujo tema central se encontra também em sintonia com a designação temática da ONU para 2015. Com abertura marcada para 15 de outubro, esta mostra resulta da parceria entre o Museu Nacional da Imprensa e a Câmara Municipal de Óbidos.

Em exibição estarão trabalhos premiados e selecionados do PortoCartoon 2015, festival de humor internacional promovido pelo MNI. São desenhos de cartunistas de todo o mundo, que fizeram, mais uma vez, do PortoCartoon, um dos maiores certames mundiais de humor gráfico.

Além do núcleo de Óbidos, dezenas de cartoons integram a exposição polinucleada que levará o humor à Comunidade Intermunicipal do Oeste. A Luz será espalhada por diferentes concelhos da OesteCIM, com núcleos autónomos mas interligados, tendo como epicentro a mostra patente no FOLIO. Será necessária a visita a todas as mostras, para que o visitante possa abranger a diversidade do humor que constitui a globalidade da Exposição PortoCartoon - A LUZ do Humor Mundial.

Para além de A Luz, haverá ainda uma representação institucional do MNI, na Galeria do Pelourinho daquela Vila Literária. Em exibição estarão alguns objetos emblemáticos do MNI, como espólio tipográfico, um prelo de provas, miniaturas de máquinas tipográficas, o troféu do PortoCartoon - World Festival da autoria de Siza Vieira e um cartaz de autoria de Georges Wolinski.


 
Porto, 13 de Outubro de 2015

^

   
1º FARTOON – Prazo Inscrição alargado até 6 de novembro


Regulamento

Ficha de inscrição

O FARTOON – 1ª Mostra de Cartoons de Faro, a pedido de alguns dos participantes, decidiu alargar o prazo de recepção de trabalhos até ao dia 6 de Novembro.

Podem concorrer trabalhos inéditos a preto e branco ou cores, com quaisquer técnicas gráficas, até um máximo de 42x30 cm (DIN A3) e um número máximo de 3 trabalhos por autor(es). O tema desta mostra é “Sustentabilidade para o Futuro”.

O FARTOON conta com o apadrinhamento do PortoCartoon.

Porto, 6 de Outubro de 2015

^

   
PortoCartoon no Douro
Vinho do Porto com Humor
em S. João da Pesqueira


  
A exposição Vinho do Porto no Humor Mundial irá inaugurar-se a 8 de outubro no Museu do Vinho de São João da Pesqueira. A mostra resulta de uma parceira entre o Museu Nacional da Imprensa e aquele museu inaugurado em 2014 no coração do Douro vinhateiro.

Inserida na linha de descentralização do projeto do MNI, esta será a primeira exposição internacional, e de humor em particular, a ser acolhida pelo museu duriense.

Os trabalhos expostos resultam do desafio lançado pelo PortoCartoon-World Festival (organizado pelo MNI) para assinalar os 250 anos da criação da Região Demarcada do Douro. Dezenas de cartunistas responderam ao convite para o Prémio Especial Vinho do Porto que, depois da selecção do Júri internacional presidido, na altura, por Georges Wolinski, deu origem a esta memorável exposição.

Destacam-se os trabalhos premiados de Yuri Ochakovsky (Israel), Pedro Méndez Suárez (Cuba), Heino Partenen (Finlândia) e Sait Munzur (Turquia).

A inauguração está marcada para as 18H e a mostra ficará patente até 31 de dezembro.



 

Porto, 1 de Outubro de 2015


^

   
Iniciativa do Museu da Imprensa
Bocage, o Inconformista
no encerramento da Feira do Livro do Porto
Domingo, 20.09 - 17H


  

A poesia de Bocage vai marcar o encerramento da Feira do Livro do Porto, já no próximo domingo. Numa iniciativa conjunta, o Museu Nacional da Imprensa e o Pelouro da Cultura da Câmara do Porto levam a público fragmentos da obra deste poeta, no ano em que se celebram 250 do seu nascimento.

Bocage, o Inconformista é o título da sessão que irá juntar sete dizedores no Speakers’ Corner da Feira do Livro, às 17H. Para a leitura dos diversos poemas foram convidados Alexandre Falcão, Ana Queirós, Ana Sofia Alves, Alberto Albuquerque , António Monteiro, Débora Paiva, Lourdes dos Anjos.

Esta é mais uma atividade do programa do MNI para a comemoração dos 250 anos de Bocage, cuja obra está claramente vinculada à imprensa. O primeiro livro de Barbosa du Bocage (1765-1805) foi editado em Lisboa, em 1791. Passou pela comissão de Censura e foi impresso na oficina de Simão Tadeu Ferreira. Este e outros livros, igualmente raros, farão parte de uma grande exposição documental que o MNI está a preparar.

Porto, 17 de Setembro de 2015


^

   
Bocage faz 250 anos no Metro do Porto
- Vereadores da Cultura juntam-se ao Museu da Imprensa
Amanhã, 15.09, 17H30 - Trindade


  

No dia dos 250 anos do seu nascimento, Bocage vai andar de metro com os Vereadores Paulo Cunha e Silva, Delfim Sousa, Luís Araújo, Mário Sousa Neves, Fernando Rocha e Elisa Ferraz.

A iniciativa do Museu Nacional da Imprensa (MNI) realiza-se amanhã, 3ªf. com concentração na Estação da Trindade, às 17H30.

O ator Alexandre Falcão será Bocage e os diversos vereadores de Cultura da linha do Metro (Porto, Gaia, Gondomar, Maia, Matosinhos, Vila do Conde) estarão presentes para a leitura de diversos poemas.

Depois do arranque da homenagem na Trindade, outros atores e dizedores, como Ana Queirós, Ana Sofia Alves, Débora Paiva, Lourdes dos Anjos, Alberto Albuquerque e António Monteiro, farão o percurso entre esta estação e a Casa da Música, com retorno à Trindade, surpreendendo os passageiros em diversas carruagens. Uma cópia do poema “Liberdade onde estás? Quem te demora" será distribuída durante esta homenagem.

'Bocage anda de metro' é o título desta primeira iniciativa do programa do MNI de comemoração dos 250 anos de Bocage, cuja obra está claramente vinculada à imprensa. O primeiro livro de Barbosa du Bocage (1765-1805) foi editado em Lisboa, em 1791. Passou pela comissão de Censura e foi impresso na oficina de Simão Tadeu Ferreira.

Porto, 14 de Setembro de 2015


^

   
1º FARTOON - Inscrições até 2 de outubro

 


  

O 1º FARTOON – Mostra de Cartoons de Faro tem como tema a “Sustentabilidade para o Futuro”. Podem participar cidadãos nacionais ou estrangeiros, com trabalhos originais inéditos. As inscrições são gratuitas e decorrem até dia 2 de Outubro.

Os trabalhos serão expostos no Museu Municipal de Faro durante 8 semanas, de 4 de Novembro de 2015 a 3 de Janeiro de 2016.

O PortoCartoon-World Festival apadrinha esta iniciativa.

Informações, regulamento e ficha de inscrição disponíveis em: http://www.faro1540.org

Porto, 8 de Setembro de 2015


^

    
PortoCartoon mostra
Wolinski em S. Paulo


   


  

"Wolinski, o inconformista" é o título da exposição do PortoCartoon que vai estar patente em S. Paulo (41º Salão de Piracicaba) de 22 de agosto a 4 de outubro.

São cerca de 50 desenhos que figuraram na sua 1ª exposição realizada na Península Ibérica e que ele inaugurou em 2012, na Galeria Daumier do Museu Nacional da Imprensa (Porto).

Assassinado durante o 'massacre do Charlie Hebdo' (Paris, 7 janeiro 2015), Wolinski (1934-2015) deixou uma obra imensa espalhada por livros, jornais, publicidade e vídeo. Na exposição - comissariada por Luís Humberto Marcos - vão estar patentes várias capas do Charlie Hebdo, desenhos sobre a política mundial (com a líder alemã em destaque), sobre o euro, e naturalmente sobre sexo, tema que Wolinski sempre abordou sem tabus. Como é sabido, o desenhador francês foi presidente do Júri do PortoCartoon de 2004 a 2014.

Esta iniciativa integra-se num protocolo assinado 2005, entre a Prefeitura de Piracicaba (norte de S. Paulo) e o PortoCartoon/Museu Nacional da Imprensa. Todos os anos há intercâmbio de exposições e, por isso mesmo, o PortoCartoon 2015 acolheu a mostra "Indignação", patente no Via Catarina, desde 22 de junho.

Porto, 20 de Agosto de 2015


^

    
PortoCartoon 2015
A Luz no Aeroporto do Porto

Visitantes podem votar

O Aeroporto do Porto, tem patente desde 8 de julho, uma extensão do XVII PortoCartoon-World Festival, dedicado ao tema “A Luz”. A exposição apresenta, na área pública de chegadas, cerca de 40 desenhos, designadamente os premiados e as menções honrosas atribuídas pelo Júri internacional.

No local da exposição, os visitantes poderão votar no seu cartoon preferido, utilizando para o efeito os boletins de voto e a urna ali presentes.

Alessandro Gatto, de Itália, foi o vencedor do Grande Prémio desta edição. Com a obra “Window” (“Janela”), Gatto volta a conquistar o prémio que já havia ganho em 2012. O trabalho vencedor deu origem a mais uma escultura no âmbito do Porto – Capital do Cartoon, da autoria do escultor Rui Anahory, que pode ser vista no jardim da Rua de Sá da Bandeira. Trata-se da 8ª peça do 'roteiro do humor' iniciado em 2008, com uma peça de Siza Vieira.

O segundo prémio, intitulado “Safe Light” (“Luz Protetora”), foi atribuído a Izabela Kowalska-Wieczorek, da Polónia, e o terceiro prémio - a “Lantern” (“Lampião”) - a Andrei Popov, da Rússia.

A edição deste ano contemplou dois prémios especiais de caricatura, em homenagem ao nobel da literatura Ernest Hemingway e a Cristiano Ronaldo. Os vencedores foram, respetivamente, Dalcio Machado, de Brasil, e Krzysztof Grondziel, da Polónia.

A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional a atribuir ainda onze Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica (duas), Croácia (duas), Espanha, França, Portugal (duas), Roménia e Rússia (duas).

Com esta 17.ª edição, o PortoCartoon reforça o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de desenho de humor e mostra a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuída em 2008.

Esta extensão no Aeroporto do Porto insere-se na política de descentralização cultural levada a cabo pelo Museu Nacional da Imprensa, que uma vez mais lança a mensagem humorística para fora das suas portas. O PortoCartoon estende-se a outros locais como o Vila do Conde The Style Outlets, Funicular dos Guindais, Mercado do Bom Sucesso, Livraria Lello, APDL, Edifício Transparente, ESAP, cafés do centro histórico, entre muitos outros.



 
Os trabalhos expostos no átrio das chegadas, até final de Dezembro, foram selecionados a partir de cerca de 1700 obras, de 500 artistas, oriundas de todos os continentes. Portugal é o país com maior participação: 154 trabalhos, de 62 cartunistas. Seguem-se o Irão, Roménia, Turquia, Sérvia, e Brasil e Rússia (ambos com 57), Ucrânia e Polónia.

A principal exposição do XVII PortoCartoon está patente ao público na sede do Museu Nacional da Imprensa, onde podem ser apreciados mais de 600 desenhos e esculturas. O voto do público também pode ser exercido numa urna e na internet, no Museu Virtual do Cartoon (www.cartoonvirtualmuseum.org). Este voto servirá para a escolha do “Prémio do Público”, cujo o vencedor irá fazer uma exposição antológica em 2016.

Outras exposições integram ainda o XVII PortoCartoon, nomeadamente: INDIGNAÇÃO (no Via Catarina) – do Salão Internacional de Humor de Piracicaba (São Paulo); Humor Canadiano de Diego Herrera, uma exposição do artista colombiano a residir no Canadá, vencedor do Grande Prémio do Prémio do Público do PortoCartoon em 2014 (no Dolce Vita – Antas); exposição do Tema Livre na Casa Branca de Gramido (Gondomar).

Porto, 10 de Julho de 2015


^

    
PortoCartoon 2015
A maior montra de humor do mundo

Cerca de trinta exposições do PortoCartoon espalham o humor por diversos locais, dentro e fora do Porto. Trata-se da maior montra de humor do mundo, tanto em extensão como em número de desenhos.

Vila do Conde The Sytle Outlets, Dolce Vita Porto, Via Catarina, Galeria do JN, Casa Branca de Gramido (Gondomar), Aeroporto, Mercado do Bom Sucesso, Funicular dos Guindais, Livraria Lello, Piolho, Café Progresso, Café Célia, Café Velasquez, Museu do Vinho Bairrada, Estação de Braga, Museu de Imprensa - Madeira e Museu Nacional da Imprensa (com 3 exposições) são alguns dos locais onde já podem ser visitadas estas mostras.

Mais de mil desenhos integram o XVII PortoCartoon World Festival, cujo núcleo central está patente na Galeria Internacional do Cartoon do Museu Nacional da Imprensa.

O tema principal – A Luz – vem, mais uma vez, reforçar a preocupação relativamente aos grandes problemas da humanidade, deste que é um dos maiores certames mundiais de humor. Centenas de desenhos parodiam o 'ano internacional da luz' (ONU).

Integradas no PortoCartoon 2015, e patentes no MNI, estão ainda as mostras Sin Palabras - uma exposição comemorativa dos 20 anos de Magola, personagem criada por Nani Mosquera – e uma exposição de homenagem a Georges Wolinski. Esta última resulta de um convite dirigido pela Direção do MNI aos cartunistas de várias nacionalidades, vencedores do Grande Prémio do PortoCartoon, e inclui um busto da autoria do escultor Fernando Saraiva. Georges Wolinski, famoso cartunista assassinado em janeiro passado no atentado ao Charlie Hebdo, foi durante 10 anos Presidente do Júri do PortoCartoon e em 2014 recebeu o título de Cidadão Honorário do Porto – Capital do Cartoon.

Ernest Hemingway e Cristiano Ronaldo foram as figuras eleitas para o Prémio Especial de Caricatura do PortoCartoon 2015. A exposição do Prémio Especial de Caricatura Ernest Hemingway, cujo vencedor foi Dalcio Machado (Brasil), pode ser visitada na Galeria do JN até 30 setembro. A Galeria Internacional do Cartoon (MNI) acolhe a mostra do Prémio Especial de Caricatura Cristiano Ronaldo, cujo vencedor foi Krzysztof Grondziel (Polónia).

Até outubro vão ser ainda montadas exposições no Edifício Transparente, Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, Palacete Visconde de Balsemão, Casa do Infante, Casa-Museu Guerra Junqueiro, Estação de Campanhã, ESAP, Café Via Garrett.

Roteiro do Humor ganha 8ª escultura

O PortoCartoon 2015, contou ainda com a implantação de mais uma escultura no âmbito do Porto – Capital do Cartoon. A obra do escultor Rui Anahory, baseada no desenho de Alessandro Gatto, vencedor do Grande Prémio do PortoCartoon 2015, pode ser vista no jardim da Rua de Sá da Bandeira. Trata-se da 8ª peça do 'roteiro do humor' iniciado em 2008.


 

 


Cibernautas podem votar


O público poderá votar online no seu cartunista favorito em www.cartoonvirtualmuseum.org.

No Aeroporto do Porto, Mercado do Bom Sucesso, Café dos Clérigos, Vila do Conde The Style Outlets e no Museu Nacional da Imprensa, encontra-se também uma urna que permitirá ao visitante votar no trabalho eleito.

 

Parceiros/apoiantes:  
 
  Porto, 10 de Julho de 2015

^

    
Artista italiano torna-se
bicampeão do PortoCartoon

Artistas polaco e brasileiro
ganham prémios Hemingway e CR7


Alessandro Gatto, de Itália, foi o vencedor do Grande Prémio do XVII PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, e subordinado ao tema "A Luz". Com a obra “Window” (“Janela”), Gatto conquistou o prémio que já havia ganho em 2012. O prémio de há três anos serviu de referência para uma escultura implantada no 'Jardim das Oliveiras' (Clérigos), no âmbito do Porto-Capital do Cartoon.



O segundo prémio, intitulado “Safe Light” (“Luz Protetora”), foi atribuído a Izabela Kowalska-Wieczorek, da Polónia, e o terceiro prémio - a “Lantern” (“Lampião”) - a Andrei Popov, da Rússia.



A edição deste ano contemplou dois prémios especiais de caricatura, em homenagem ao nobel da literatura Ernest Hemingway e a Cristiano Ronaldo. Os vencedores foram, respetivamente, Dalcio Machado, de Brasil, e Krzysztof Grondziel, da Polónia.

 

 

 

A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional a atribuir ainda onze Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica (duas), Croácia (duas), Espanha, França, Portugal (duas), Roménia e Rússia (duas).

 

Em apreciação estiveram cerca de 1700 obras, de quase 500 artistas, oriundas de todos os continentes. Portugal é o país com mais participação: com 154 trabalhos, de 62 cartunistas. Seguem-se o Irão (152), Roménia (121), Turquia (101), Sérvia (82) e Brasil e Rússia (ambos com 57), e Ucrânia (53) e Polónia (45).

Com esta 17.ª edição, o PortoCartoon reforça o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de desenho de humor e mostra a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuída em 2008.

O Júri internacional do XVII PortoCartoon teve como Presidente Honorário Georges Wolinski - cartunista do Charlie Hebdo assasssinado no passado mês de Janeiro, em Paris, e que durante uma década tinha sido presidente do Júri. Integraram o Júri 2015: Andrew Howard (docente Universitário de Comunicação Visual), Bernard Bouton (presidente da FECO), Luís Humberto Marcos (diretor do Museu Nacional da Imprensa), Luís Mendonça (representante da Faculdade de Belas Artes do Porto), Roberto Merino (encenador) e Xaquín Marín (fundador do Museo de Humor de Fene, Espanha).

Os vencedores do XVII PortoCartoon receberão os troféus (desenhados por Siza Vieira) e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, em junho.

14/Abril/2015


^

   
 Wolinski, o Inconformista
 leva Charlie Hebdo à Madeira

Georges Wolinski, um dos jornalistas assassinados durante o atentado contra o jornal humorístico Charlie Hebdo, é homenageado no Museu de Imprensa – Madeira, em Câmara de Lobos, com uma exposição especial de originais, livros, revistas (Paris-Match) e jornais (Charlie Hebdo e Hara-Kiri).

A mostra é composta por cerca de 200 peças e contempla ainda um Cabinet Rouge, que reúne desenhos originais dirigidos a um público adulto.

Wolinski, o inconformista”, pretende evidenciar a figura do autor de humor mais publicado em França, cuja carreira jornalística tinha mais de 52 anos. O homenageado trabalhava, até ao massacre de Paris, no Charlie Hebdo, Paris Match e no Journal du Dimanche, depois de ter colaborado com muitas outras publicações como o Libération, Hara-Kiri e L’ Écho des Savanes.


A exposição é comissariada por Luís Humberto Marcos, Diretor do Museu Nacional da Imprensa (MNI), e integra-se na parceria existente entre o museu madeirense e o MNI.

Georges Wolinski era, desde 2004, Presidente do Júri do PortoCartoon World Festival. Desta estreita relação com o festival, e das suas frequentes vindas ao Porto, resultaram algumas crónicas suas sobre essa cidade no Charlie Hebdo.

O Museu Nacional da Imprensa apresentou, em 2012, a primeira exposição de Wolinski fora de França. Wolinski esteve presente na inauguração, tendo sido nessa altura perspetivadas outras mostras, uma delas precisamente na Madeira. Na altura, Wolinski manifestou vivo interesse em estar presente na inauguração.
 

De 27 de fevereiro até 30 de abril.

26/fev./2015
 

^

   
 Prémio do Público do PortoCartoon 2014

Está aberta a votação online para a escolha do Prémio do Público do PortoCartoon 2014, subordinado ao tema “Água Viva/ Terra Viva”, uma iniciativa promovida pelo Museu Nacional da Imprensa. Trata-se de uma votação a nível mundial, na qual o público é convidado a escolher o melhor cartoon, de 21 concorrentes, independentemente da votação do júri feita em Abril deste ano.

O voto deve ser feito no Museu Virtual do Cartoon http://www.cartoonvirtualmuseum.org/
f_portocartoon_2014_vote.htm,
O autor do desenho mais votado será convidado para uma exposição individual em 2015, em Portugal.

Esta votação pública foi estabelecida em 2006, tendo havido já oito vencedores de continentes diferentes: Ludo Goderis (Bélgica), Ronaldo (Brasil), Guo Zhong (China), Zygmunt Zaradkiewicz (Polónia), Santiagu (Portugal), Ronaldo (Brasil), Fernando Camarneiro (Portugal) e António Santos/ Santiagu (Portugal).

Os desenhos candidatos podem ser vistos em pormenor antes da votação online, sendo a respetiva lista constituída pelos premiados e finalistas, escolhidos pelo júri internacional do concurso presidido por Georges Wolinski, - afamado cartunista do Libération, Paris-Match e Charlie Hebdo.

Os desenhos em disputa foram recebidos de países tão diferentes como Bélgica, Brasil, Colômbia, Espanha, França, Holanda, Inglaterra, Irão, Israel, Luxemburgo, Nicarágua, Polónia, Roménia, Sérvia, Ucrânia, Uzbequistão, entre outros.

O português André Carilho, está também em votação.

A escolha do público decorre até o final de Dezembro.

01/Outubro/2014


 

^

   
PortoCartoon 2014
no Charlie Hebdo

O PortoCartoon enche a crónica habitual de Wolinski na última edição do Charlie Hebdo, um dos mais importantes jornais satíricos do mundo.

21/Abril/2014
 

^

   
Artista Colombiano
vence grande prémio
PortoCartoon 2014

André Carrilho ganha Prémio com caricatura de Mandela

Diego Herrera, colombiano residente no Canadá, foi o vencedor do Grande Prémio do XVI PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, e subordinado ao tema "Água Viva/ Terra Viva". O trabalho vencedor tem por título “Plastic Bottles” (“Garrafas de Plástico).

O segundo Prémio, intitulado “Waterfall” (“Cascata”), foi atribuído a Constantin Sunnerberg (artista belga) e os terceiros prémios ex aequo foram para “Living Earth”(“Terra Viva”) de Jerzy Gluszek, da Polónia, e “Water Prize” (“Prémio de Água”) de Halit Kurtulmus, da Turquia.

A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional a atribuir ainda dezassete Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica (três), Brasil (duas), Colômbia (uma), Espanha (uma), França (duas), Nicarágua (uma), Portugal (uma), Républica Checa (uma), Roménia (duas) e Ucrânia (três).

A edição deste ano contemplou dois prémios especiais de caricatura, em homenagem a Nelson Mandela e a Siza Vieira. Os vencedores foram, respetivamente, André Carrilho, de Portugal, e Ivan Prado, autor peruano residente na Alemanha.

A pertinência do tema central do PortoCartoon 2014 e a elevada qualidade dos trabalhos foi sublinhada pelos membros do Júri, na conferência de imprensa dada esta manhã.

Em apreciação estiveram cerca 1800 obras, de 500 artistas, oriundas de todos os continentes. O Irão é o país com mais participação: 340 trabalhos, de 82 cartunistas. Seguem-se Portugal , Sérvia, Turquia e Roménia.

Com esta 16.ª edição, o PortoCartoon reforça o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de desenho de humor e mostra a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuída em 2008.

O Júri internacional do XVI PortoCartoon, presidido por Georges Wolinski - afamado cartunista do Liberation e Paris-Match - integrou Xaquín Marín, fundador do Museo de Humor de Fene (Espanha), Júlio Dolbeth, em representação da Faculdade de Belas Artes do Porto, Roberto Merino, encenador, e Luís Humberto Marcos, diretor do PortoCartoon e do Museu Nacional da Imprensa.

O Presidente do Júri, Georges Wolinski, realçou na conferência de imprensa, a qualidade dos trabalhos desta edição, sublinhando a sua maior “inteligência e ousadia”.

Os vencedores do XVI PortoCartoon receberão os troféus e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, a 23 de junho, aquando das Festas do S. João.


1º Prémio
"Prémio Especial de caricatura - Siza" Ivan Prado, Alemanha


Grande Prémio PortoCartoon
"Plastic Bottles", (“Garrafas de Plástico”)
Diego Herrera, Canadá

2º Prémio PortoCartoon
“Waterfall”, (“Cascata”)
Constantin Sunnerberg - Bélgica

3º Prémio Ex aequo PortoCartoon
“Living Earth”, (“Terra Viva”)
Jerzy Gluszek, Polónia

3º Prémio ex aequo PortoCartoon
“Water Prize” (“Prémio de Água”)
Halit Kurtulmus, Turquia

1º  Prémio
"Prémio Especial de caricatura - Mandela"
Carrilho, Portugal
9/Abril/2014
 

^

   
Museu da Imprensa aberto
no Natal e “Ano Novo”

“Manoel de Oliveira, 105 revistas”, o PortoCartoon/2013 e a evocação do 25 de Abril são as três principais exposições do Museu Nacional da Imprensa que estará aberto nos dias 25 de dezembro e 1 de janeiro.
Dando cumprimento a um plano desencadeado logo na abertura, em 1997, no sentido de ter as portas abertas 365 dias ao ano, aquele museu voltará a acolher, nos feriados, os visitantes que queiram desfrutar do “prazer da cultura”, seu lema.
Além de poderem imprimir textos e gravuras, os visitantes dispõem de outras exposições patentes naquele “museu vivo” da cidade do Porto, designadamente
“Miniaturas Tipográficas”, “Memórias Vivas da Imprensa” e “PortoCartoon, o Riso do Mundo” na Galeria Internacional do Cartoon.

Em permanência está, também, no aeroporto do Porto a exposição “Manoel de Oliveira no Humor Mundial”, baseada no prémio especial de caricatura do PortoCartoon/2013.
Entretanto, decorre até ao final do mês de dezembro a votação para o prémio do público do PortoCartoon deste ano, subordinado ao tema ‘Liberdade, Igualdade e Fraternidade’. A votação faz-se no museu e na Internet: www.cartoonvirtualmuseum.org

O Museu Nacional da Imprensa, instalado na cidade do Porto, a montante da Ponte do Freixo, está aberto das 15h às 20h.

17/Dez/2013
 

^

   
Manoel de Oliveira
tem ‘humor mundial’ no Aeroporto do Porto

 

A partir do dia 11 de dezembro, o aeroporto Sá Carneiro, no Porto, vai ter patente a exposição “Manoel de Oliveira no humor mundial”, organizada pelo Museu Nacional da Imprensa.

A mostra de caricaturas baseia-se no prémio especial lançado este ano no PortoCartoon-World Festival e dedicado expressamente ao cineasta. Estarão patentes mais de trinta desenhos, de diferentes países, como Alemanha, Brasil, Colômbia, Espanha, Irão, Itália, Portugal, Suíça, Turquia e Ucrânia.

A exposição está inserida num conjunto de iniciativas com que o Museu Nacional da Imprensa assinala os 105 anos de Manoel de Oliveira.

Até 10 de março de 2014.
10/Dez/2013
 

^

   
PortoCartoon lança tema 2014 - Água Viva / Terra Viva
Nélson Mandela e Siza Vieira são prémios especiais de Caricatura

O tema “Água Viva / Terra Viva” vai servir de mote para o PortoCartoon - World Festival de 2014, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa.
O regulamento acaba de ser lançado e apresenta as figuras emblemáticas de Mandela e Siza Vieira para prémio especial de caricatura.
Como se pode ler no Regulamento do PortoCartoon 2014, (http://www.cartoonvirtualmuseum.org/
xvi_portocartoon_reg_2014.pdf) “a água está a tornar-se não só escassa, como alvo da onda de privatização global” e “um pouco por todo o mundo, vários países estão a perder a soberania sobre a água”. Considerando que a água é um património comum da humanidade, os organizadores do PortoCartoon sublinham a importância do “alerta do humor” para a proteção mundial do ‘ouro azul’.

 

Mandela e Siza

Nesta 16ª edição do PortoCartoon é retomada a linha dos prémios especiais de caricatura lançados na edição anterior.
A justificação é clara para as escolhas de Nélson Mandela e Siza Vieira.
O PortoCartoon quer, em primeiro lugar, homenagear o ‘nobel da paz’ e primeiro líder negro a assumir a presidência da África do Sul (1994-1999), depois de mais de 25 anos de prisão sob o regime de apartheid. Com o outro prémio especial de caricatura, pretende celebrar a obra do prestigiado arquiteto que conquistou mais de trinta prémios internacionais, com destaque para o Prémio Pritzker/Chicago (considerado o ‘nobel da arquitetura’).

Esta iniciativa do Museu Nacional da Imprensa começou em 1998, precisamente com o tema das “Descobertas” (inaugurado pelo Presidente Jorge Sampaio em 1999) e tem colocado Portugal no pódio do cartoon mundial. No conjunto das quinze edições anteriores participaram mais de 7000 cartunistas, dos cinco continentes.
O PortoCartoon tem tido a particularidade de ser subordinado anualmente a um tema de grande relevo internacional. A última edição foi dedicada aos valores republicanos da “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”. Das edições anteriores destacam-se: o Desporto, Gutenberg, a Globalização, os Direitos Humanos, as Crises, ‘Aviões e Máquinas Voadoras’, “Comunicação e Tecnologias” e “liberdade, Igualdade e Fraternidade”.
29/Nov/2013
 

^

    

Museu da Madeira recebe
Gutenberg com humor

 

 

 

O Museu de Imprensa-Madeira, em Câmara de Lobos, abriu ao público no dia 16 de Setembro, com uma exposição temporária intitulada "Gutenberg no Cartoon Internacional".
Trata-se de uma mostra com uma centena de peças do PortoCartoon-World Festival, um dos mais importantes concursos mundiais de humor, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI).

Os desenhos expostos, originais, mostram diferentes técnicas plásticas aliadas ao humor e à sátira, sempre presentes no cartoon e na caricatura. As obras evidenciam ainda a importância da "descoberta" da imprensa de caracteres móveis, a evolução da mesma ao longo dos séculos e a importância que os jornais detêm nos nossos dias, bem como a censura de que por vezes são alvo.
Os desenhos pertencem a cartunistas de vários países, dentre os quais destacamos: Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, China, Colômbia, Croácia, Espanha, Inglaterra, Irão, Rússia, Roménia, Turquia e Ucrânia.

Alguns dos trabalhos apresentados já estiveram patentes em exposições do Museu Nacional da Imprensa, em diversos países como Brasil e Argentina.
Cerca de metade da exposição, comissariada pelo diretor do MNI, Luís Humberto Marcos, contém desenhos que serviram para assinalar o 600º aniversário do nascimento de Gutenberg, em 2001.

A montagem desta exposição no Museu de Imprensa da Madeira assinala uma linha de trabalho de parceria com o MNI, com sede no Porto, numa perspetiva de internacionalização ligada ao turismo da Madeira.

A exposição ficará patente ao público até 31 de Janeiro de 2014.

19/Sep/2013
 

^

      

Cartoons sobre Gutenberg
no Aeroporto da Madeira

 

O Aeroporto da Madeira mostra, no átrio das chegadas, alguns dos melhores cartoons que estão patentes no
Museu de Imprensa da Madeira: "Gutenberg no Cartoon Internacional".
Trata-se de uma mostra com duas dezenas de peças do PortoCartoon-World Festival, um dos mais importantes concursos mundiais de humor, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI).
Situado na cidade de Câmara de Lobos, o museu apresenta cerca de cem desenhos originais sobre o ‘pai da imprensa’, a evolução do invento e a sua importância civilizacional.
Os desenhos expostos mostram diferentes técnicas plásticas aliadas ao humor e à sátira, sempre presentes no cartoon e na caricatura. As obras evidenciam ainda a importância da "descoberta" da imprensa de caracteres móveis, a evolução da mesma ao longo dos séculos e a importância que os jornais detêm nos nossos dias, bem como a censura de que por vezes são alvo.
Os desenhos pertencem a cartunistas de vários países, dentre os quais destacamos: Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, China, Colômbia, Croácia, Espanha, Inglaterra, Irão, Portugal, Rússia, Roménia, Turquia e Ucrânia. Alguns dos trabalhos apresentados já estiveram patentes em exposições do Museu Nacional da Imprensa, em diversos países como Brasil e Argentina. Esta exposição mostra alguns dos melhores cartoons que estão patentes no novo Museu de Imprensa da Madeira, situado em Câmara de Lobos.
A exposição original tem a marca do PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa desde 1998. É uma homenagem a Gutenberg e, ao mesmo tempo, um hino ao humor.

Até 31 de Outubro.

17/Sep/2013
 

^

    

Nova escultura reforça
a 'capital do cartoon'

Uma nova escultura do PortoCartoon foi inaugurada no dia 2 de Agosto, , na zona da Asprela, Porto. Integra-se na designação do Porto como 'Capital do Cartoon' e corresponde ao trabalho escultórico de Fernando Saraiva sobre o desenho vencedor do Grande Prémio do PortoCartoon 2013.

A escultura ficará implantada junto da Faculdade de Medicina Dentária, entre as duas entradas do Metro do Pólo Universitário do Porto.

Trata-se da sexta escultura no quadro de um projeto do Museu Nacional da Imprensa (MNI) e da Câmara Municipal do Porto que visa criar um roteiro turístico à volta de esculturas de humor que anualmente são implantadas na cidade. Para este projeto lançado em 2008 pelo MNI, já contribuíram criativamente Alvaro Siza Vieira, Acácio de Carvalho, Zulmiro de Carvalho, Carlos Marques e Carlos Barreira.

A escultura a inaugurar baseia-se no desenho de Miro Stefanovic (Sérvia) sobre o tema 'Liberdade , Igualdade e Fraternidade" e tem cerca de dois metros de altura.

02/Ago/2013
 

^

     

PortoCartoon
em votação internacional

Acaba de ser lançada no ciberespaço a urna digital destinada à votação on-line para a escolha do Prémio do Público do PortoCartoon 2013, subordinado ao tema “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”.

A participação dos cibernautas pode ser feita no Museu Virtual do Cartoon (http://www.cartoonvirtualmuseum.org/
f_portocartoon_2013_vote.htm), uma iniciativa integrada no XV PortoCartoon-World Festival, do Museu Nacional da Imprensa.

Trata-se de uma votação a nível mundial, na qual os cibernautas podem escolher o melhor cartoon, de 19 concorrentes, independentemente da votação do júri feita em Abril deste ano.

O autor do desenho mais votado será convidado para uma exposição individual em 2014, em Portugal.

Esta votação pública foi estabelecida em 2006, tendo havido já sete vencedores de continentes diferentes: Ludo Goderis (Bélgica), Ronaldo (Brasil), Guo Zhong (China), Zygmunt Zaradkiewicz (Polónia), Santiagu (Portugal), Ronaldo (Brasil) e Fernando Camarneiro (Portugal). A exposição de Camarneiro está neste momento patente no centro comercial Dolce Vita/Porto.

Os desenhos candidatos podem ser vistos em pormenor antes da votação on-line, sendo a respetiva lista constituída pelos premiados e finalistas, escolhidos pelo júri internacional do concurso presidido por Peter Nieuwendjik, presidente-geral da FECO.

Os desenhos em disputa foram recebidos de países tão diferentes como Bélgica, Colômbia, Holanda, Inglaterra, Irão, Israel, Luxemburgo, Polónia, Roménia, Sérvia, Ucrânia e Uzbequistão.

Os portugueses António Santos (Santiagu), e Telmo Quadros Ferreira, ambos com trabalhos finalistas, também estão em votação.

A escolha do público decorre até o final de Dezembro.

29/Jul/2013
 

^

    

15º PortoCartoon-World Festival

Centenas de obras
em seis exposições


Abre no dia 23 de junho a mostra do PortoCartoon 2013 -, que reúne cerca de 400 desenhos vindos de todo o mundo. Distribuídos por 800m2, entre a Galeria Internacional do Cartoon e a Galeria de Exposições Temporárias, poderão ser vistos os melhores trabalhos selecionados pelo Júri internacional. Em apreciação estiveram cerca 1700 obras, de mais de 500 artistas, oriundas de todos os continentes. O Irão é o país com maior participação: 121 trabalhos, de 41 cartunistas. Seguem-se a Roménia, a Sérvia, a Turquia, Portugal e Bélgica.
A 15ª edição do PortoCartoon, subordinada ao tema “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”, inclui ainda os Prémios Especiais Manoel de Oliveira e José Saramago.
Estará patente até final de dezembro.

Festa da Caricatura

A Festa da Caricatura vai decorrer no dia 22 de junho, no Edificio Montepio (Av. Aliados) entre as 15 e as 19 horas, numa iniciativa apoiada pela Câmara Municipal do Porto.

Vários caricaturistas nacionais e estrangeiros, designadamente os principais premiados da edição deste
ano, estarão presentes para fazerem um ‘boneco humorístico’ a quem quiser posar para eles na Festa da Caricatura. Será uma oportunidade especial para o contacto pessoal com o cartunista sérvio Miro Stefanovic, vencedor do Grande Prémio. Outros artistas da Alemanha, Bélgica, Colombia, Escócia, México, além de Portugal, estarão na Festa da Caricatura, contributo do Museu Nacional da Imprensa para a internacionalização das festas sanjoaninas.

Exposições: Prémio Público 2012, Salão de Humor de Piracicaba e Exposição de humor fotográfico Foto Click

O PortoCartoon 2013 apresenta ainda três exposições especiais que vão inaugurar nos dias 22 e 23 de junho: uma, antológica, mostra os melhores trabalhos do português Fernando Camarneiro, vencedor do Prémio do Público 2012 – no Dolce Vita Porto (22 de junho); outra, do Salão Internacional de Humor de Piracicaba (S. Paulo), festival com o qual o PortoCartoon tem um protocolo de cooperação – no Via Catarina (23 de junho); e uma exposição de humor fotográfico – “Foto Click”, de Francisco Puñal, cartunista cubano..
O “Prémio do Público” - correspondente à votação de cibernautas e visitantes - foi ganho, nas anteriores edições, por artistas da Bélgica, Brasil, China, Polónia e Portugal.

Rua do PortoCartoon e Escultura

A Rua 31 de Janeiro recebe uma designação toponímica provisória: Rua do PortoCartoon 2013.
A denominação é feita em articulação com a Câmara Municipal do Porto

No dia 22 de Junho, pelas 19.30h, junto da Faculdade de Medicina Dentária, entre as duas entradas do Metro do Pólo Universitário do Porto, vai ser inaugurada uma escultura alusiva ao Grande Prémio da edição deste ano do PortoCartoon – Miro Stefanovic (Sérvia). O autor da peça é o Escultor Fernando Saraiva.
Esta implantação acontece no âmbito da proclamação do “Porto-Capital do Cartoon” feita em 2008, em articulação com a CMP, e que visa a criação de um roteiro turístico à volta do cartoon.

13/Maio/2013

^

   

PortoCartoon
em Santiago de Compostela

O PortoCartoon-World Festival vai estar patente no XIII Congresso IBERCOM, que se realiza na Facultade de Ciencias da Comunicación, da Universidade de Santiago de Compostela

A mostra – “Comunicação, Cultura e Poder”, que será inaugurada no dia 29 de maio, é constituída por 30 trabalhos, de outros tantos cartunistas, de 14 países. Os desenhos foram selecionados de milhares recebidos ao longo das quinze edições do PortoCartoon.

Esta exposição mostra, na diversidade das abordagens, a arte da comunicação que nos ajuda a compreender o mundo. Desde a pequenez do gesto manipulado ao cetro simbólico, passando pelas asas de uma paz-metralha, a presença das tecnologias é forte e larga.

Através do humor patenteado nas mostras, o Museu Nacional da Imprensa, organizador do PortoCartoon, pretende reforçar a multiculturalidade que faz parte da própria natureza do festival, como ponte entre culturas, países e regiões. Recorda-se que o troféu do PortoCartoon é precisamente uma ponte desenhada por Siza Vieira, na altura em que a cidade do Porto foi também designada “capital do cartoon”.



 

29/Maio/2013

^

   

Artista Servio vence
PortoCartoon 2013




Grande Prémio - Miro Stefanovic, Sérvia
"Ship"


2º Prémio - Angel Boligan, México
"Atrapados"


3º Prémio - Willem Rasing, Holanda
"Libertea"


Menção Honrosa - Lucv Descheemaeker - Bélgica
"Dilemma"


Menção Honrosa - Luc Vernimmen - Bélgica
s/título


Menção Honrosa - Mahmoudi Houmayoun, Inglaterra
"Liberty"


Menção Honrosa - Alex Bartfeld - Israel
"Libre"


Menção Honrosa - Pawel Stanczyk - Polónia
"Liberty Equality Fraternity"


Menção Honrosa - Julian Penapai, Roménia
"Opening Ceremony"


Menção Honrosa - Mihai Ignat, Roménia
s/titulo


Menção Honrosa - Vladimir Kazanevsk, Ucrânia
s/ título

Miro Stefanovic, da Sérvia, foi o vencedor do Grande Prémio do XV PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, e subordinado ao tema "Liberdade, Igualdade e Fraternidade". O trabalho vencedor tem por título “Shipwreck” (‘Naufrágio’).

O segundo Prémio, intitulado “Atrapados”, foi atribuído a Boligán (artista cubano radicado no México) e o terceiro – “Libertea” - a Wilem Rasing, da Holanda.

A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional a atribuir ainda oito Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica (duas), Inglaterra, Israel, Polónia, Roménia (duas) e Ucrânia.

A edição deste ano contemplou dois prémios especiais de homenagem ao cineasta Manoel de Oliveira (que este ano fará 105 anos) e ao prémio nobel José Saramago. Os vencedores foram respetivamente Mauricio Parra, da Colômbia, e a Ivan Prado, autor peruano residente na Alemanha.

A oportunidade do tema central do PortoCartoon 2013 e a elevada qualidade de grande parte dos participantes foi sublinhada pelos membros do Júri, na conferência de imprensa dada no dia 8 de abril.

Em apreciação estiveram cerca 1700 obras, de mais de 500 artistas, oriundas de todos os continentes. O Irão é o país com mais participação: 121 trabalhos, de 41 cartunistas. Seguem-se a Roménia, a Sérvia, a Turquia, Portugal e Bélgica.
Com esta 15ª edição, o Portocartoon reforça o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de desenho de humor e mostra a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuida em 2008.

O Júri internacional do XV PortoCartoon, presidido por Peter Nieuwendijk, Presidente-geral da Feco (Holanda) e integrou Xaquín Marín, fundador do Museo de Humor de Fene (Espanha), Francisco Laranjo, diretor da Faculdade de Belas Artes do Porto e Luís Humberto Marcos, diretor do PortoCartoon e do Museu Nacional da Imprensa.

Os vencedores do XV PortoCartoon receberão os troféus e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, a 23 de junho, aquando das Festas do S. João.

Várias centenas de milhares de visitantes já viram as catorze edições do PortoCartoon realizadas nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, e nas diferentes cidades por onde passaram as exposições: Argentina, Bolívia, Brasil, França, Espanha e México.


Júri, na conferência de imprensa
de apresentação dos premiados

Júri, na conf. / imp. de apresentação de prémios

Júri, na conf./ imp. de apresentação de prémios

Manuel de Oliveira: 1º Prémio - Ivan Prado, Alemanha

Manuel de Oliveira: 2º Prémio - António Santos, Portugal

Manuel de Oliveira: 3º Prémio - Catarina Morais, Portugal

Saramago: 1º Prémio - Mauricio Parra,
Colombia


Saramago: 2º Prémio - Abraham Averbuch,
Israel


Saramago: 3º Prémio - Victor Emmanuel Becerra,
México

09/Abr/2013

^

   

Aeroporto do Porto
adere ao Humor 3D

Uma exposição de esculturas PortoCartoon: Humor 3D vai estar patente no “Memorial” (exterior do Terminal Topo Norte) do Aeroporto do Porto, a partir do dia 8 de Abril, por iniciativa do Museu Nacional da Imprensa/PortoCartoon.

Com esta exposição, o Aeroporto do Porto inaugurará também estruturas expositivas recentemente construídas na parte exterior da aerogare. Algumas das peças escultóricas simbolizam a capacidade do ser humano voar, mas todas expressam a força universal do humor e do riso. Quase todas as obras de arte são premiadas do PortoCartoon-World Festival. Seis delas são de autores portugueses: Agostinho Santos, Augusto Cid e Fernando Saraiva.

A exposição inscreve-se na caracterização que foi dada ao Porto em 2008: Capital do Cartoon. Desde esta altura, anualmente, é colocada uma escultura de humor na cidade, em articulação com a Câmara Municipal do Porto. Dentro de pouco tempo ter-se-á um roteiro da cidade baseado nas esculturas humorísticas. Além disso, o símbolo criado pelo arquiteto Siza Vieira para o PortoCartoon faz do cartoon uma ponte de culturas, simbologia que o Museu Nacional da Imprensa tem dinamizado através das suas exposições sobre o ‘riso do mundo’.

Registe-se que o MNI gere o único espaço museológico português dedicado ao cartoon: a Galeria Internacional do Cartoon. Tal como o Museu, está aberta todos os dias, das 15 às 20 horas.



04/Abr/2013

^

   

Aeroporto do Porto
Exposição de humor
celebra Dia Mundial dos Museus de Cartoon

Uma exposição de cartoon vai estar patentes no Aeroporto do Porto a partir do dia 3 de Abril, por iniciativa do Museu Nacional da Imprensa/PortoCartoon. Esta é uma forma de assinalar o primeiro ‘dia mundial dos museus de cartoon’, na sequência de uma decisão tomada em 2012, na Bélgica, durante um encontro de museus de humor no qual o MNI participou.

A mostra – ‘Viagens com Humor’ – reúne meia centena de desenhos alusivos a viagens, em especial de avião, e ficará patente dentro da aerogare, na zona de chegadas, próximo do ‘meeting point’.

Esta exposição inscreve-se na caracterização que foi dada ao Porto em 2008: Capital do Cartoon.
Alguns dos desenhos foram premiados nas catorze edições do PortoCartoon-World Festival.

Registe-se que o MNI dispõe de uma Galeria Internacional de Cartoon permanentemente aberta e que, desde a sua abertura em 1997, nunca deixou de privilegiar o desenho humorístico como forma de comunicação museal.

02/Abr/2013

^

    

PortoCartoon dá
“prémio do público”
a artista português

O português Fernando Camarneiro Costa foi o vencedor do "Prémio do Público" do XIV PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa.

O desenho, intitulado “e tudo o rico parou!…”, fazia parte do grupo dos trabalhos finalistas selecionados pelo Júri internacional presidido por George Wolinski. Trata-se de um cartoon que se insere claramente no tema do PortoCartoon de 2012: "Ricos, pobres, indignados”.

http://www.cartoonvirtualmuseum.org/eventos/pc/xiv/premiopublico/premio_publico_portocartoon2012_fernandocamarneiro_.jpg

Fernando Camarneiro Costa é arquiteto e tem participado em concursos internacionais de cartoon.

A votação decorreu entre final de junho e 31 de dezembro e recolheu milhares de votos, através da Internet e dos boletins apresentados no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, onde esteve patente uma extensão da mostra original.

Em segundo lugar, o público votou no desenho de Mohsen Zarifian, do Irão. O grande prémio, de Alessandro Gatto (Itália), que deu lugar a uma escultura que integrará o futuro roteiro turístico do humor da cidade do Porto, ficou em 3º lugar na votação do público.

Esta foi a sétima edição do "prémio do público" lançado em 2006 e, tal como as anteriores, implica que o vencedor seja convidado a fazer uma "exposição antológica" da sua obra, no próximo PortoCartoon, em Junho.

Nas edições anteriores ganharam Zygmunt Zaradkiewicz, (Polónia), Guo Zhong (China), Ronaldo (Brasil), Ludo Goderis (Bélgica), António Santos “Santiagu” (Portugal) e Ronaldo Cunha Dias (Brasil).

A exposição antológica do artista será aberta no final de Junho, durante o XV PortoCartoon, edição que tem como tema "Liberdade, Igualdade e Fraternidade”.








24/Jan/2013

^

   

PortoCartoon lança tema 2013
Liberdade, Igualdade e Fraternidade
- Manoel de Oliveira e Saramago são prémios especiais

O tema “Liberdade, Igualdade e Fraternidade” vai servir de mote para o PortoCartoon - World Festival de 2013.
O convite à participação acaba de ser lançado aos cartunistas de todo o mundo.
Como se pode ler no Regulamento do PortoCartoon 2013, “vivem-se tempos difíceis e controversos, com o mundo ainda longe dos ideais da revolução francesa: liberdade, igualdade e fraternidade”. Acrescenta o documento, justificando o tema: “O velho mundo está em crise e os chamados 'países emergentes' escondem muita miséria e falta de liberdade real”. Apesar de alguns aparentes 'oásis', lê-se, o individualismo aumenta e, por tudo isso, “vale a pena empunhar, de novo e sempre, os ideais que mudaram o mundo em 1789”.

Excecionalmente são instituidos, nesta edição do PortoCartoon, dois prémios especiais de caricatura, pela sua oportunidade. Um para celebrar os 104 anos do realizador Manoel de Oliveira que continua filmando. É o mais velho cineasta do mundo no ativo. O outro, para evocar José Saramago, premio nobel da literatura, que teria 90 anos, se fosse vivo.

Esta será a 15ª edição de uma iniciativa do Museu Nacional da Imprensa que tem estado no pódio do cartoon mundial e que começou em 1998, precisamente com o tema das “Descobertas”, na altura inaugurado pelo Presidente Jorge Sampaio.
Georges Wolinski, um dos mais credenciados cartunistas da actualidade, voltará a ser o presidente do Júri, reforçando assim a qualidade selectiva que tem sido apanágio do PortoCartoon.
No conjunto das catorze edições anteriores participaram mais de 7000 cartunistas, dos cinco continentes.
O PortoCartoon tem tido a particularidade de ser subordinado anualmente a um tema de grande relevo internacional. A última edição foi dedicada aos “Ricos, pobres, indignados” e contou com o Presidente da república Cavaco Silva na inauguração. Das edições anteriores poderemos destacar: a Água, a Mudança de Século/Milénio, o Desporto, Gutenberg, a Globalização, Direitos Humanos, as Crises, ‘Aviões e Máquinas Voadoras’ e Comunicação e Tecnologias.

^

    

Cartum universitário luso-brasileiro
Jovem português recebe três menções honrosas

Os resultados do II Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário, organizado conjuntamente pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI) e pela INTERCOM, foram divulgados no 35º Congresso da INTERCOM que decorreu recentemente, na Universidade de Fortaleza, no Brasil.

Nas quatro categorias do concurso, os vencedores foram Wenes Caitano Marques (Caricatura), Laíssa Gamarro (Cartum), Francisco Albert Miranda Lobo (Charge) e Maurício Nunes (Tiras).

O Júri decidiu ainda atribuir seis Menções Honrosas, três das quais aos trabalhos da autoria do jovem português Sérgio Domingues Marques – “Luís Vaz de Camões” e “Eça de Queirós”, ambos na categoria Caricatura, e ao trabalho “Novo Acordo Ortográfico (Charge).

O Júri do concurso foi constituído por dois elementos indicados pelo MNI, organizador do PortoCartoon-World Festival, e dois da INTERCOM.

^

     

PortoCartoon
no Brasil e Bolívia

O PortoCartoon-World Festival está patente no Brasil, em Piracicaba, (S.Paulo) e na Bolívia, em La Paz, até ao final de Setembro.

No Museu de Etnografia e História, na capital boliviana, a mostra sobre “Direitos Humanos no Humor Mundial”.´é constituida por 50 trabalhos. Trata-se de uma seleção dos melhores trabalhos do concurso de 2008, subordinado ao tema dos ‘direitos humanos’ e ganho por Augusto Cid, com “A Chama Olímpica”.

Além do desenho vencedor, estão patentes as menções honrosas, como a caricatura de “Dalai Lama”, feita por Santiagu (António Santos), entre outros de artistas do espaço ibero-americano.

No Brasil, e ao abrigo do protocoloco existente entre a Prefeitura de Piracicaba e o Museu Nacional da Imprensa, o 39º Salão Internacional de Humor de Piracicaba conta também com a mostra “Comunicação e Tecnologias”, tema do PortoCartoon 2011.

Através do humor patenteado nas mostras, o Museu Nacional da Imprensa, organizador do PortoCartoon, pretende reforçar a multiculturalidade que faz parte da própria natureza do festival, como ponte entre culturas, países e regiões. Recorda-se que o troféu do PortoCartoon é precisamente uma ponte desenhada por Siza Vieira, na altura em que a cidade do Porto foi também designada “capital do cartoon”.


^

    

Tema: “Ricos, Pobres, Indignados”
Presidente da República
Abriu 14º PortoCartoon

O Presidente da República, Cavaco Silva, inaugurou a exposição do 14º PortoCartoon-World Festival, no dia 23 de junho, no Museu Nacional da Imprensa (MNI).
A sessão decorreu na presença dos vencedores do concurso e foi acompanhada pelo Presidente da Câmara Municipal do Porto e diversos vereadores.
Antes, o Presidente da República havia sido recebido pelo Diretor do Museu, Luís Humberto Marcos, com quem descerrou um grande painel – Bem-vindo, em 47 línguas – alusivo à inauguração das novas instalações do MNI. Os novos espaços do museu reforçam a importância do cartoon no Porto: Galeria Daumier, Centro de Pesquisa KARIKAT e Casa do Cartunista.

Na visita à exposição permanente ‘Memórias Vivas da Imprensa’, o Presidente da República imprimiu uma gravura alusiva ao grande prémio do Portocartoon 2012.


A sessão inaugural da exposição contou com a presença dos premiados, designadamente Alessandro Gatto (Itália), Feggo (EUA), Turcios (Colombia) e Valeriy Doroshenko (Ucrânia), artistas que explicaram a Cavaco Silva o contexto das suas obras.


 Alessandro Gatto (Itália)


Feggo (EUA)


Turcios (Colombia)


Valeriy Doroshenko (Ucrânia)

A exposição reúne mais de 350 desenhos vindos de todo o mundo. Distribuídos por 800m2, entre a Galeria Internacional do Cartoon e a Galeria de Exposições Temporárias, poderão ser vistos os melhores trabalhos selecionados pelo Júri internacional, presidido por George Wolinski, o cartunista com mais livros de humor publicados em França. Na edição deste ano, os países com mais concorrentes foram: o Irão, com 66 participantes e 255 trabalhos, seguido do Brasil, da China, Portugal e Roménia.

Festa da Caricatura

O PortoCartoon voltou à “baixa portuense”, na tarde de 24 de junho.
Vários caricaturistas nacionais e estrangeiros, designadamente os principais premiados da edição deste ano, estiveram presentes para fazerem um ‘boneco humorístico’ a quem quiser posar para eles na Festa da Caricatura. Foi uma oportunidade especial para o contacto pessoal com o cartunista italiano Alessandro Gatto, vencedor do Grande Prémio do XIV PortoCartoon, e de outros cartunistas, além dos membros estrangeiros do Júri.
Artistas do Brasil, Espanha, EUA, Bélgica, Escócia, Ucrânia, além de Portugal, estiveram na Festa da Caricatura, iniciativa que constitui o contributo do Museu Nacional da Imprensa para a internacionalização das festas sanjoaninas.

Expo de Wolinski
na Galeria Daumier

Durante o arranque do PortoCartoon 2012 foi inaugurada a Galeria Daumier, com uma exposição de obras de George Wolinski, humorista do Paris Mach, do Charlie Hebdo e do Journal du Dimanche, e que tem presidido ao Júri do PortoCartoon desde 2005.
‘Wolinski, inconformista sensual’, assim se denomina a exposição organizada pelo diretor do museu, reúne mais de uma centena de peças, entre originais e publicações impressas. Na véspera da abertura da sua exposição, Wolinski havia sido entronizado confrade do vinho do Porto. O relevo do presidente do Júri Internacional – que este ano celebra 50 anos de trabalho humorístico - associado ao troféu desenhado por Siza Vieira, reforça o reconhecimento do PortoCartoon, colocado no pódio do humor mundial.
A Galeria Daumier, instalada na parte nordeste do edifício do Museu recentemente recuperada, destina-se a exposições de autor, principalmente antológicas, e constitui um novo espaço que visa reforçar a atenção que tem sido dada ao humor gráfico internacional no Porto.

Escultura reforça
‘capital do cartoon’


No âmbito da dinamização do Porto como “Capital do Cartoon” (designação internacional feita em 2008), mais uma escultura de humor foi implantada no centro da cidade. O local escolhido foi a zona emblemática entre a Torre dos Clérigos e a Livraria Lello. Por cima do Passeio dos Clérigos lá está a nova escultura. É de Carlos Barreira, representa o Grande Prémio 2012 e insere-se na criação do “roteiro do humor”, para o qual já contribuiram Siza Vieira, Acácio de Carvalho, Zulmiro de Carvalho e Carlos Marques.

Exposições ‘Prémio do Público’
e Humor de Piracicaba

O PortoCartoon 2012 apresenta ainda duas exposições especiais: uma do Salão de Humor de Piracicaba (S. Paulo), um dos mais antigos do mundo, que está patente no centro comercial ‘Via Catarina’; a outra, antológica, Ronaldo-Humor Brasileiro, de Ronaldo Cunha Dias, vencedor do Prémio do Público 2011, que pode ser vista no Dolce Vita Porto.

Até agora já arrecadaram o Prémio do Público artistas da Bélgica, Brasil, China, Polónia e Portugal.
A exposição de Piracicaba tem sido uma presença constante no PortoCartoon, no quadro de um protocolo assinado entre a Prefeitura de Piracicaba e o Museu Nacional da Imprensa.


^

    

PortoCartoon apresenta-se na Bolívia
com humor sobre Direitos Humanos

O PortoCartoon-World Festival esteve patente de 10 a 22 de Abril, no Manzana Uno Espacio de Arte, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, com uma exposição sobre “Direitos Humanos no Humor Mundial”.

Trata-se de uma selecção dos melhores trabalhos do concurso de 2008, subordinado ao tema dos ‘direitos humanos’ e ganho por Augusto Cid, com “A Chama Olímpica”.

Além do desenho vencedor, estarão também patentes as menções honrosas, como a caricatura de “Dalai Lama”, feita por Santiagu (António Santos), entre outros de artistas do espaço ibero-americano, num total de 50 obras.

Os desenhos expostos pretendem alertar, com humor e sátira, para a contínua violação dos Direitos Humanos em pleno séc. XXI. São alguns dos melhores trabalhos selecionados pelo Júri Internacional do PortoCartoon, presidido por Georges Wolinski (França), um dos mais credenciados cartunistas da actualidade.

Através do humor patenteado na mostra, o Museu Nacional da Imprensa, organizador do PortoCartoon, pretende reforçar a multiculturalidade que faz parte da própria natureza do festival, como ponte entre culturas, países e regiões. Recorda-se que o troféu do PortoCartoon é precisamente uma ponte desenhada pelo premiado arquitecto Siza Vieira, na altura em que a cidade do Porto foi também designada “capital do cartoon”.

Depois de Santa Cruz, a exposição irá para a cidade de Cochabamba e terminará na capital, La Paz.






^

   

Cartunista Italiano
vence o XIV PortoCartoon

Alessandro Gatto, de Itália, foi o vencedor do Grande Prémio do XIV PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, e subordinado ao tema "Ricos, pobres, indignados".

O segundo Prémio foi atribuído a Felipe Galindo, mexicano a morar nos EUA, na categroia Tema Livre, e o terceiro em ex-aequo a Turcios, da Colômbia, e a Valery Doroshenko, da Ucrânia.

A qualidade dos trabalhos, levou o júri internacional a atribuir ainda 12 Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica, Brasil, China, Espanha, França, Irão, México, Portugal, Reino Unido, Sérvia, Síria e Ucrânia.

A oportunidade do tema e a elevada qualidade de grande parte dos participantes foi sublinhada pelos membros do Júri, na conferência de imprensa do dia 2 de Abril.

Em apreciação estiveram cerca de duas mil obras, de centenas de artistas, oriundos de todos os continentes. O Irão é o país com mais participantes (66) e trabalhos: 255. Segue-se o Brasil, a China, Portugal e Roménia.

Com esta participação, o Portocartoon cimenta o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de humor e reforça a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuida em 2008.

O Júri internacional do XIV PortoCartoon foi presidido por Georges Wolinski (França) e integrou ainda: Peter Nieuwendijk, Presidente-geral da Feco (Holanda); Xaquín Marín, fundador do Museo de Humor de Fene (Espanha); Luís Mendonça, Representante da Faculdade de Belas Artes do Porto e Luís Humberto Marcos, diretor do PortoCartoon e do Museu Nacional da Imprensa.

Os vencedores do XIV PortoCartoon receberão os troféus e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, a 23 de junho, aquando das Festas do S. João.


Grande Prémio - Alessandro Gatto – Itália
“La Scala” – Tema Principal


2º Prémio - Felipe Galindo/ Feggo – E.U.A.
“ Global warming” – Tema Livre

3º Prémio – Ex-aequo - Omar Figueroa Turcios – Colômbia
S/Título – Tema Principal


3º Prémio – Ex-aequo - Valery Doroshenko – Ucrânia
S/ Título – Tema Principal

Várias centenas de milhares de visitantes já viram as treze edições do PortoCartoon realizadas nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, e nas diferentes cidades por onde passaram as exposições: Argentina, Bolívia, Brasil, França, Espanha e México.


^

    

‘Passarola’ de Gusmão e aviões
Rio de Janeiro recebe
humor do PortoCartoon

A “passarola” de Gusmão (1709) é o mote da exposição do PortoCartoon-World Festival que o Museu Nacional da Imprensa leva ao Rio de Janeiro Portugal. Abre no dia 22, 5ª feira, na Sala de Cultura da Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, ficando patente até 2 de Abril.

A abertura coincide com o VI Forum de Imprensas Oficiais de Língua Portuguesa que decorrerá na mesma instituição.

A exposição é composta por 40 desenhos de grandes artistas do humor mundial, alguns deles brasileiros.

Chama-se “PortoCartoon-Aviões e máquinas voadoras” e pretende evocar a data da primeira experiência precursora da navegação aérea, desenvolvida em Lisboa, no reinado de D. João V, pelo famoso padre brasileiro Bartholomeu Lourenço de Gusmão.

O tema tem presente o impacto da aviação na actualidade e foi bandeira do PortoCartoon-World Festival organizado em 2009/2010 pelo Museu Nacional da Imprensa, instalado no Porto.

Esta é a primeira exposição daquele Museu no Rio de Janeiro e integra-se na linha de internacionalização que é seguida desde 1998, com a organização de um dos concursos mundialmente mais famosos do desenho de humor.

Bartholomeu de Gusmão, natural de Santos, S. Paulo, Brasil, protagonizou a primeira experiência com um aeróstato de ar quente no mundo, facto que serviu de motor à exploração do espaço pelo homem. Durante os 300 anos subsequentes, a história da aviação encheu-se de momentos de diferentes tonalidades: dramáticos, festivos, hilariantes, ou simplesmente fantásticos.

A exposição já esteve patente em Brasília, em 2011, e apresenta os melhores trabalhos seleccionados pelo júri internacional do XII PortoCartoon, presidido por Georges Wolinski (França), um dos mais credenciados cartunistas da actualidade.

O PortoCartoon tem tido a particularidade de ser subordinado, anualmente, a um tema de grande relevo internacional, como acontece este ano (13ª edição) com “Ricos, Pobres e Indignados”. A 12ª edição foi dedicada a “Comunicação e tecnologias” e as anteriores abordaram: a Água, a Mudança de Século/Milénio, o Desporto, Gutenberg, a Globalização, os Direitos Humanos, as Crises, etc.


^

    

 

Stuart e a BD
no Museu da Imprensa

O humor de Stuart vai estar no Museu Nacional da Imprensa, de 10 de Março a 31 de Maio, numa exposição que se integra MAB Invicta, festival internacional de multimédia, artes e BD.

A mostra – Stuart: BD e Azulejos - apresenta tiras cómicas das aventuras de Quim e Manecas, publicadas no jornal O Século e muitas outras participações artísticas do espírito multifacetado de Stuart.

Será também apresentada uma colecção de azulejos originais que ornamentavam a escadaria do Diário de Lisboa, doada por Ruella Ramos ao Museu. Trata-se de uma colecção singular, quer pelo que revela do artista, quer pelo local para onde os azulejos foram produzidos – o Diário de Lisboa (1921-1990), jornal emblemático na oposição à ditadura do Estado Novo.

A exposição ficará patente na Galeria Internacional do Cartoon, o único espaço dedicado ao humor permanentemente aberto (365/6 dias, ano) na Europa. Esta galeria reforça a dimensão de capital do cartoon atribuída ao Porto, na proclamação internacional feita a 23 de Junho de 2008, na Avenida dos Aliados, em dez línguas diferentes.

Stuart Carvalhaes (1887-1961) foi um dos mais talentosos artistas do humor português. Além de caricaturista, foi cenógrafo, figurinista e realizador de cinema. Fixou tipos e costumes de Lisboa como poucos o fizeram. Ainda antes dos 20 anos, começou a colaborar na imprensa e nela deixou o seu traço bem vincado, até morrer em 1961.

Além da participação em jornais e revistas, a exposição evidencia a qualidade artística de Stuart em partituras e capas de livros, patenteando a ampla gama de participações onde a sua arte do humor e da ilustração se impôs.


^

   

 

Ronaldo vence prémio
do Público pela 2ª vez

O cartunista brasileiro Ronaldo foi o vencedor do "Prémio do Público" do XIII PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa. Já em 2007 o mesmo artista havia conquistado o ‘voto popular’.
O desenho agora premiado por cibernautas e visitantes dos locais onde havia urnas tinha sido menção honrosa na opinião do Júri internacional presidido por Wolinski. Trata-se de um desenho que mostra a ligação de um bebé à mãe via telemóvel. O tema do PortoCartoon de 2011 era precisamente "Comunicação e Tecnologias”.
Ronaldo da Cunha Dias é médico-cirurgião em Rio Grande do Sul e dedica-se à caricatura desde 1985. Já publicou quatro livros de cartoons e recebeu dezenas de prémios em festivais nacionais e internacionais. Presença habitual nos mais prestigiados festivais de humor, tem concorrido quase sempre ao PortoCartoon.
A votação decorreu entre final de Junho e Dezembro e recolheu milhares de votos, através da Internet e dos boletins apresentados no Museu, no Aeroporto do Porto e no espaço CCB da Rua Miguel Bombarda, no Porto.
.


^

 

PortoCartoon mostra
humor mundial em Braga

Está patente no Braga Parque, desde o dia 10 de Janeiro, a exposição do PortoCartoon-World Festival sobre "Comunicação e Tecnologias".
A mostra reúne 32 desenhos sobre o tema, nomeadamente os premiados no XIII PortoCartoon, as menções honrosas e os finalistas seleccionados pelo júri internacional do festival.

Os trabalhos em exibição são provenientes de diferentes países, entre os quais a Bélgica, Brasil, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Irão, México, Polónia, Portugal, Roménia, Rússia e Turquia. Está também patente um desenho do cartunista português António Santos, "Santiagu". A mosta pode ser vista no Braga Parque até 12 de Fevereiro.


^

    

 

2º concurso luso-brasileiro
Museu da Imprensa e INTERCOM
desafiam o humor das universidades

Ficha de Inscrição Regulamento

O Museu Nacional da Imprensa (MNI) e a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação-INTERCOM acabam de lançar a segunda edição do Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário.
Trata-se de um certame iniciado em 2011 e que visa fortalecer as relações universitárias entre Brasil, Portugal e demais países de idioma português, através da linguagem universal do humor, privilegiando o uso das tecnologias multimédia, designadamente a Internet.

Os concorrentes podem apresentar trabalhos até 30 de Abril, em diferentes categorias do humor gráfico: cartum, charge, caricatura e tiras cómicas.

De acordo com o regulamento, o II Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário destina-se a estudantes de graduação e pós-graduação inscritos em qualquer instituição de Ensino Superior do Brasil, de Portugal ou dos demais países de idioma português. Os desenhos devem ser obrigatoriamente enviados em suporte digital, para os seguintes endereços eletrónicos: mni@museudaimprensa.pt (Museu Nacional da Imprensa) e cartum.intercom@gmail.com
(Intercom).

A iniciativa radica numa proposta do director do MNI, feita em Setembro de 2010, na Universidade de Caxias do Sul, Brasil, durante um debate sobre a importância do cartum na sociedade.

Na base desta articulação entre o museu português e a maior entidade de investigação em Comunicação da América Latina, está a experiência do PortoCartoon-World Festival e a pesquisa que se faz sobre o humor no Brasil.


^

  

PortoCartoon
em votação
internacional

Está disponível on-line a votação para a escolha do Prémio do Público do XIII PortoCartoon-World Festival, subordinado ao tema "Comunicação e Tecnologias".
A participação dos cibernautas pode ser feita no Museu Virtual do Cartoon (http://www.cartoonvirtualmuseum.org/
f_portocartoon_2012_vote.htm
), uma iniciativa integrada no XIII PortoCartoon-World Festival, do Museu Nacional da Imprensa.
Trata-se de uma votação a nível mundial, na qual os cibernautas podem escolher o melhor cartoon, de 30 concorrentes, independentemente da votação do júri feita em Abril deste ano.


Ao Prémio do Público deste ano associou-se o Jornal de Notícias, cuja versão on-line inclui uma galeria com os concorrentes em votação. Esta votação pública foi estabelecida em 2006, tendo havido já quatro vencedores de continentes diferentes: Ludo Goderis (Bélgica), Ronaldo (Brasil), Guo Zhong (China), e Zygmunt Zaradkiewicz (Polónia) e António Santos "Santiagu" (Portugal). A exposição de Santiagu está neste momento patente no centro comercial Dolce Vita/Porto.

Os desenhos candidatos podem ser vistos em pormenor antes da votação on-line, sendo a respectiva lista constituída pelos premiados e finalistas, escolhidos pelo júri internacional do concurso presidido pelo cartunista francês G. Wolinski. Os desenhos em disputa foram recebidos de países tão diferentes como Bélgica, Brasil, Finlândia, França, Escócia, Holanda, Indonésia, Itália, México, Polónia, Roménia, Rússia, Turquia e Ucrânia. Os portugueses Agostinho Santos (Menção Honrosa), e Santiagu (Menção Honrosa) também estão em votação.

A escolha do público pode decorrer até o final de Dezembro. Votação idêntica decorre também numa urna não virtual, existente na Galeria Internacional do Cartoon, do Museu Nacional da Imprensa, com boletins apropriados.









^

Evocando o 'padre voador'
PortoCartoon
volta a S. Paulo


 
O Salão Internacional de Humor de Piracicaba (S.Paulo) recebe, a partir de 28 de Agosto (até 16 de Outubro), a exposição do PortoCartoon "Aviões e Máquinas Voadoras".

A mostra pretende homenagear o pioneirismo de Bartolomeu de Gusmão (o 'padre voador', natural de Santos, S. Paulo) que em 1709 fez subir o seu aeróstato, em Lisboa, e tem presente o impacto da aviação na actualidade.

Pelo 7º ano consecutivo, o Museu Nacional da Imprensa apresenta assim em S. Paulo, num dos eventos mais importantes do mundo, no universo do humor gráfico, uma exposição do PortoCartoon.

Composta por meia centena de desenhos, a exposição fez parte da edição de 2010 do certame, tendo a mostra original do XII PortoCartoon apresentado mais de 400 trabalhos, dos cinco continentes.

A presença desta mostra no Brasil integra-se no protocolo assinado entre o museu da cidade do Porto e a Prefeitura de Piracicaba em 2005, para o desenvolvimento de iniciativas conjuntas na área do desenho de humor.

Para o MNI esta é mais uma iniciativa da "ponte"criada entre Portugal e Brasil no âmbito do cartoon e permite a divulgação do melhor do humor que se faz por todo o mundo.
Esta presença no Brasil insere-se ainda na linha da internacionalização do PortoCartoon.

O festival, organizado anualmente pelo Museu Nacional da Imprensa, é considerado pela Federação Internacional de Cartunistas (FECO), um dos três maiores e melhores do mundo. As suas mostras já estiveram patentes nos seguintes países: Argentina, Brasil, Espanha, França e México, em alguns deles mais do que uma vez, prosseguindo a internacionalização do certame.

O Salão de Piracicaba é uma das mais antigas organizações de humor gráfico do mundo e realiza-se ininterruptamente desde 1974.
 



 
 


^

 

PortoCartoon
evoca 'Padre Voador'
no Rio de Janeiro


 
Uma exposição virtual com cartoons evocativos do pioneirismo de Bartolomeu de Gusmão, produzida pelo Museu Nacional da Imprensa, está patente desde 23 de Agosto na Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

A novidade acompanha o lançamento de uma coleção Brasiliana da Bibiloteca Joanina - perfis de notáveis brasileiros - que abre precisamente com uma obra sobre o 'padre voador' que em 1709 fez subir em Lisboa o primeiro aeróstato. No Memorial do Convento de José Saramago, Bartolomeu de Gusmão é uma das personagens marcantes.

Nascido em Santos, S. Paulo, Bartolomeu Lourenço de Gusmão serviu a corte de D. João V e foi perseguido pela Inquisição.

O pioneirismo de Gusmão serviu de mote ao PortoCartoon-World Festival de 2010, subordinado ao tema "Aviões e Máquinas Voadoras". Na altura participaram cartunistas de mais de 70 países, mostrando o relevo do tema e da evocação.

Os melhores trabalhos selecionados pelo Júri internacional, presidido por George Wolisnki, integram esta Exposição Virtual que, após a apresentação do livro, ficará patente nos ecrãs da universidade. Esta Exposição Virtual – musicada e com trinta obras - tem a sua estreia precisamente na Universidade do Rio de Janeiro, uma das mais importantes do Brasil.

Registe-se que uma exposição sobre o mesmo tema está fisicamente patente, até 16 de setembro, no Espaço Chatô, em Brasília, tendo sido inaugurada a 9 de Agosto.

Esta internacionalização do PortoCartoon corresponde à uma política de reforço das actividades do Museu Nacional da Imprensa no estrangeiro.

Organizado anualmente por este museu, o PortoCartoon é considerado pela Federação Internacional de Cartunistas (FECO) um dos três mais importantes concursos do mundo. As suas mostras já estiveram patentes nos seguintes países, além do Brasil (desde 2005): Argentina, Espanha, França e México, em alguns deles mais do que uma vez. Em Novembro, outra exposição será apresentada na Bolívia.

O Museu Nacional da Imprensa está instalado na cidade do Porto, em Portugal, e possui um dos mais importantes patrimónios tipográficos do mundo. É também um dos raros museus do mundo que nunca fechou desde que foi inaugurado em 1997, funcionando 365 dias/ano. A par desta actividade, o museu português tem valorizado o ciberespaço com museus virtuais, caso do museu virtual do cartoon (www.cartoonvirtualmuseum.org) e do museu virtual da imprensa (www.imultimedia.pt/museuvirtpress), ambos pioneiros na altura em que foram lançados na Internet.




 

 


^

 

Humor mundial enche a "Capital do cartoon"
"Comunicação e Tecnologias" – tema 2011

A 13ª edição do PortoCartoon-World Festival abriu oficialmente a 23 de Junho no Museu Nacional da Imprensa. A sessão inaugural contou com a presença dos premiados que receberam os respectivos prémios e troféus, desenhados por Siza Vieira.
Na altura foi aberta ao público a exposição que reúne mais de 400 cartoons vindos de todo o mundo. Distribuídos por 800m2, entre a Galeria Internacional do Cartoon e a Galeria de Exposições Temporárias, poderão ser vistos os melhores trabalhos seleccionados pelo Júri internacional, presidido por George Wolinski, o cartunista com mais livros de humor publicados em França.
O cartunista polaco Zygmunt Zaradkiewicz foi o vencedor do Grande Prémio. O 2º Prémio recaiu num desenho de Plantu, artista de fama mundial que é presença quase diária na 1ª página do jornal Le Monde; e o 3º Prémio foi atribuído pela primeira vez a uma escultura, do autor português, Fernando Saraiva.
A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional do concurso a atribuir ainda 19 menções honrosas a artistas diferentes países, entre os quais a Bélgica, Brasil, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Irão, México, Polónia, Portugal, Roménia, Rússia e Turquia.
O tema deste ano – Comunicação e Tecnologias – permitiu a mais larga participação de sempre, com mais de 2.200 trabalhos, de 620 artistas, de 80 países. Neste concurso, o Irão superou todos os outros países, em trabalhos e participantes, logo seguido do Brasil, Roménia, Turquia, Portugal e Itália. O XIII PortoCartoon pode ser visto até 31 de Dezembro, no horário habitual do Museu: todos os dias, incluindo domingos e feriados, das 15h às 20h.
Além desta exposição central, muitas outras iniciativas (indicadas a seguir) espalham o humor pela cidade, reforçando uma vez mais o Porto como 'Capital do Cartoon'.

Festa da Caricatura

A Festa da Caricatura, decorreu nos dias 25 e 26 de Junho, na Praça da Liberdade, entre as 15 e as 19 horas, numa iniciativa apoiada pela Câmara Municipal do Porto.
Vários caricaturistas nacionais e estrangeiros, designadamente os principais premiados da edição deste ano, estiveram presentes para fazerem um 'boneco humorístico' a quem quisesse posar para eles na Festa da Caricatura. Foi uma oportunidade especial para o contacto pessoal com o cartunista polaco Zygmunt Zaradkiewicz, vencedor do Grande Prémio. Outros artistas da Roménia, Espanha, além de Portugal, estiveram na Festa da Caricatura, contributo do Museu Nacional da Imprensa para a internacionalização das festas sanjoaninas.


Exposições: Prémio Público 2010 e Salão de Humor de Piracicaba

O PortoCartoon 2011 apresenta ainda duas exposições especiais: uma sobre Ambiente, do Salão Internacional de Humor de Piracicaba (S. Paulo), festival com o qual o PortoCartoon tem um protocolo de cooperação; a outra, antológica, mostra os melhores trabalhos do português Santiagu, vencedor do Prémio do Público 2010. Anteriormente, este "Prémio do Público" - correspondente à votação de cibernautas e visitantes - foi ganho por artistas da Bélgica, Brasil, China e Polónia.






Rua do PortoCartoon, Escultura e Extensões

A exemplo do que aconteceu no ano passado (Rua Galerias de Paris), a Rua de Cedofeita recebe uma designação toponímica provisória: Rua do PortoCartoon 2011. Até 21 de Setembro as lojas que aderirem à iniciativa vão poder mostrar o "riso do mundo", através da apresentação de diferentes desenhos no seu interior.
A denominação é feita em articulação com a Câmara Municipal do Porto.

No âmbito da dinamização do Porto como "Capital do Cartoon" (designação internacional feita em 2008), foi implantada no dia 25 de Junho uma escultura de humor na Rua Miguel Bombarda. A escultura representa o Grande Prémio 2011 e insere-se na criação do "roteiro do humor", para o qual já contribuíram Siza Vieira, Acácio de Carvalho e Zulmiro de Carvalho. A escultura deste ano é de Carlos Marques. A partir do final de Junho existem extensões com reproduções dos melhores trabalhos da 13º edição do PortoCartoon no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, Estação de Campanha e diferentes locais da cidade do Porto (cafés, livrarias, centros comerciais).


^

 
 
 
Cartunista da Polónia
vence o XIII PortoCartoon
Plantu (Le Monde) recebe 2º Prémio

Zygmunt Zaradkiewicz, da Polónia, foi o vencedor do Grande Prémio do XIII PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, subordinado ao tema "Comunicação e Tecnologias".
O segundo Prémio foi atribuído a Plantu (do jornal Le Monde), grande figura do desenho de humor a nível mundial. O terceiro - uma escultura em bronze denominada "Homem Digital" -foi conquistado pelo artista Fernando Saraiva, de Portugal.

A elevada qualidade dos trabalhos, levou o júri internacional a atribuir ainda 19 Menções Honrosas a artistas de diferentes países, entre os quais a Bélgica, Brasil, Espanha, Finlandia, França, Holanda, Irão, México, Polónia, Portugal, Roménia, Russia e Turquia.

Em apreciação estiveram cerca de 2.200 obras, de mais de 600 artistas, oriundos de 80 países. Trata-se da maior participação de sempre, batendo em todos os indicadores o VI PortoCartoon (2004) que teve como tema o Desporto. O Irão é o país com mais participantes (70) e trabalhos: 258. Segue-se o Brasil, a Turquia, a Roménia e Portugal.
O vencedor do Grande Prémio apresentou em 2010, no Porto, uma exposição antológica da sua obra, por ter ganho o "Prémio do Público" relativo ao ano 2009.
Com esta participação, o Portocartoon cimenta o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de humor e reforça a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuida em 2008.
O Júri internacional do XIII PortoCartoon foi presidido por Georges Wolinsk (França) e integrou ainda: Peter Nieuwendijk, Presidente-geral da Feco (Holanda); Xaquín Marín, fundador do Museo de Humor de Fene (Espanha); Luís Mendonça, Representante da Faculdade de Belas Artes do Porto e Luís Humberto Marcos, director do PortoCartoon e do Museu Nacional da Imprensa.

Os vencedores do XIII PortoCartoon receberão os troféus e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, em Junho, aquando das Festas do S. João.

Várias centenas de milhares de visitantes já visitaram as doze edições do PortoCartoon realizadas nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, e nas diferentes cidades por onde passaram as exposições, incluindo Argentina, Brasil, França, Espanha e México
 


GRANDE PRÈMIO
Zygmunt Zaradkiewicz – POLÓNIA - "MY CASTLE"


2º PRÉMIO
PLANTU – FRANÇA – TEMA LIVRE – S/ Título

3º PRÉMIO
FERNANDO SARAIVA – PORTUGAL – "HOMEM DIGITAL" (ESCULTURA) - TEMA



^
 

  

Museu da Imprensa e INTERCOM
lançam concurso luso-brasileiro de humor

Ficha de Inscrição Regulamento

O Museu Nacional da Imprensa (MNI) e a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação-INTERCOM acabam de lançar o Concurso Luso-Brasileiro de Cartum Universitário.

Trata-se de um certame sem tema definido e que visa fortalecer as relações universitárias entre Brasil, Portugal e demais países de idioma português, através da linguagem universal do humor, privilegiando o uso das tecnologias multimédia, designadamente a Internet.

Os concorrentes podem apresentar trabalhos até 30 de Maio, em diferentes

categorias do humor gráfico: charge, caricatura, tiras em quadrinhos e cartum.

De acordo com o regulamento, o Concurso Luso-Brasiliero de Cartum Universitário destina-se a estudantes de graduação e pós-graduação inscritos em qualquer instituição de Ensino Superior do Brasil, de Portugal ou dos demais países de idioma português. Os desenhos devem ser obrigatoriamente enviados em suporte digital, para os seguintes endereços eletrónicos: www.museudaimprensa.pt e www.intercom.org.br.


^

  

Aeroporto do Porto apresenta Humor
Cartoons contra Desigualdades 




 

O Museu Nacional da Imprensa apresenta até 15 de Junho, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, a exposição de humor europeu "Desigualdades, Discriminações e Preconceitos".

Na mostra estão caricaturados diversos tipos de discriminações, preconceitos e estereótipos que todos os dias afectam milhares de pessoas, pela não-aceitação da diversidade e pela violação dos seus direitos.

Esta exposição apresenta os premiados, as menções honrosas e os melhores trabalhos do Concurso Europeu de Cartoon "Desigualdades, Discriminações e Preconceitos", organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, no âmbito do Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos.

Estão representados desenhos de artistas de países tão diversos como Alemanha, Azerbeijão, Bélgica, Bulgária, Espanha, França, Inglaterra, Moldávia, Polónia, Portugal, Turquia ou Ucrânia, entre outros.

Dos trabalhos expostos, merecem natural destaque os premiados e, pela sua originalidade, a menção honrosa atribuída a Agostinho Santos. O conhecido jornalista e pintor concebeu um envelope que quando fechado é uma forma de "adoração à mulher objecto" título do seu trabalho.
 


^

  

Museu da Imprensa
leva a Coimbra
"Obama com humor"

Uma centena de cartoons dedicados ao Presidente dos EUA vai estar patente em Coimbra, no Dolce Vita, de 10 a 27 de Janeiro.

Trata-se de uma mostra do Museu Nacional da Imprensa (MNI) intitulada "Obama com Humor" e participada por dezenas de caricaturistas de todo o mundo. As obras são de artistas consagrados de vários países como o Brasil, Colômbia, Indonésia, Irão, Espanha, Inglaterra, EUA, México, Roménia, Rússia, Sérvia e Uruguai, além de Portugal. Contribuíram também artistas que habitualmente participam no PortoCartoon e noutras iniciativas do MNI ligadas ao humor gráfico, numa linha de reforço da dimensão do "Porto, Capital do Cartoon".
Esta exposição corresponde a uma parte da mostra virtual que conta com cerca de 250 obras patentes no Museu Virtual do Cartoon (http://www.cartoonvirtualmuseum.org).




^

 

Festa da Caricatura
na Praça da Liberdade

O PortoCartoon-World Festival voltou à 'baixa portuense' com a Festa da Caricatura, nos dias 26 e 27 de Junho, na Praça da Liberdade, entre as 15 e as 19 horas.
Vários caricaturistas nacionais e estrangeiros, designadamente os principais premiados da edição deste ano, estiveram presentes para fazerem um 'boneco humorístico' a quem quisesse posar para eles.
Os cidadãos tiveram também a oportunidade de contactar pessoalmente
com o cartunista polaco Jerzy Gluszek, vencedor do Grande Prémio, com Mahmood Azadnia (Irão) e Stefaan Provijn (Bélgica), segundo e terceiro prémios, respectivamente. Outros artistas da Escócia, Bélgica, Brasil e Espanha, além de Portugal, participaram nesta Festa da Caricatura, com a qual o Museu Nacional da Imprensa pretende contribuir para a internacionalização das festas sanjoaninas.
O tema deste ano – Aviões e Máquinas Voadoras – permitiu a mais larga participação de sempre em países (72) e em esculturas humorísticas.


 

 

 

Rua do PortoCartoon

Antes do início da festa, a Rua das Galerias de Paris recebeu uma designação nova e provisória: Rua do PortoCartoon 2010. Os cartunistas presentes na edição deste ano "inauguraram" a rua às 12,30, permanecendo no local até à hora do início da festa da caricatura.
As lojas da rua aderiram à iniciativa e vão mostrar o "riso do mundo", através da apresentação de diferentes desenhos no seu interior.
Todos os anos, em articulação com a Câmara Municipal do Porto, será eleita uma artéria da Baixa como Rua do PortoCartoon. O processo abre-se com a emblemática Rua das Galerias de Paris, dada a sua importância na nova animação citadina.



Bartolomeu no Metro
Escultura na Ribeira


Além da Rua do Portocartoon, a instalação de um grande painel na estação do Metro de Faria Guimarães e de uma escultura na zona da Ribeira reforçam a proclamação internacional do Porto como Capital do Cartoon, feita em 2008. O painel do artista brasileiro Spacca evoca o 'padre voador' Bartolomeu de Gusmão que, há 300 anos, fez subir em Lisboa o seu aeróstato. Trata-se de uma banda desenhada feita expressamente para o Metro, no âmbito de uma Protocolo que liga o PortoCartoon ao Salão Internacional de Piracicaba (S. Paulo), um dos mais antigos do mundo e o mais importante de toda a América Latina.
A escultura, da autoria de Zulmiro de Carvalho, foi inaugurada dia 26, ao final da tarde, na zona fronteiriça à Igreja de S. Francisco, com a presença dos artistas estrangeiros. Trata-se de uma peça em ferro, desenhada a partir do cartoon de Grande Prémio, de Jerzy Gluszek, da Polónia, e insere-se na matriz da "capital do cartoon'. A organização pretende que, no futuro, se crie um roteiro turístico à volta do humor do PortoCartoon, já que todos os anos são feitas esculturas baseadas nos trabalhos vencedores.

A internacionalização do PortoCartoon reforça-se ainda com a exposição "Humor Polaco" que abriu no dia 25, no Dolce Vita Porto. São cerca de 100 trabalhos de Zygmunt Zaradkiewicz, vencedor do "Prémio do Público" de 2009, com o "jantar de crise", em resultado da votação de cibernautas e visitantes da exposição dedicada ao tema das "Crises".
Para a votação deste ano já está activa, no Museu Virtual do Cartoon (www.cartoonvirtualmuseum.org), a urna electrónica que permite a participação de qualquer cibernauta.




^

 

PortoCartoon voa alto
a partir de 23 de Junho


 

 

 

 

O XII PortoCartoon-World Festival abriu oficialmente no dia 23 de Junho, na Galeria Internacional do Cartoon, do Museu Nacional da Imprensa, com o tema "Aviões e Máquinas Voadoras", em homenagem ao pioneirismo deBartolomeu de Gusmão.

A sessão inaugural contou com a presença dos premiados que receberam os respectivos prémios e troféus, desenhados por Siza Vieira. Na altura foi aberta ao público a exposição que reúne cerca de 400 cartoons vindos de todo o mundo. Distribuídos por 800m2, entre a Galeria Internacional do Cartoon e a Galeria de Exposições Temporárias, podem ser vistos além dos três trabalhos premiados, as 18 menções honrosas atribuídas e os melhores desenhos concorrentes ao festival seleccionados pelo Júri internacional.

O cartunista polaco Jerzy Gluszek foi o vencedor do Grande Prémio, seguido por Mahmood Azadnia, do Irão, e Stefaan Provijn, da Bélgica, segundo e terceiro prémios, respectivamente. A elevada qualidade dos trabalhos levou o júri internacional do concurso a atribuir ainda 18 menções honrosas a artistas de 11 países: Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil (3), Cuba, Escócia, França, Irão (2), Portugal (3), Roménia e Turquia (3).

A organização registou a participação de 600 humoristas de 72 países, com cerca de 2100 desenhos. O Irão é o país com mais participantes - mais de 90 cartunistas, com 322 desenhos - logo seguidos do Brasil, Turquia, Roménia, Sérvia e da China. Especial destaque merece a participação de 45 mulheres, 16 das quais são do Irão, e a apresentação de várias peças escultóricas.

O PortoCartoon afirma-se assim como um espaço de excelência de humor mundial e é considerado pela Federação Internacional de Organizações de Cartoon, um dos três principais festivais de desenho humorístico do mundo. Todos os anos é visto por milhares de visitantes no Museu Nacional da Imprensa e por diferentes locais por onde se estende a exposição.

O júri internacional do concurso foi presidido po Georges Wonlinski (França) na qualidade de Presidente; Peter Nieuwendijk (Holanda) Presidente-Geral da FECO; Xaquín Marin, ex-Director do Museo de Humor de Fene (Espanha); Luís Mendonça, representante da Faculdade de Belas Artes do Porto e Luís Humberto Marcos, Director do Museu Nacional da Imprensa.

A edição deste ano do PortoCartoon-World Festival reforça a proclamação do Porto como "Capital do Cartoon" feita em 2008, em dez línguas diferentes, diante de um pequeno monumento de Siza Vieira implantado, na Avenida dos Aliados.

O XII PortoCartoon tem como mecenas a Caixa Geral de Depósitos e pode ser visto até 31 de Dezembro, no horário habitual do Museu: todos os dias, incluindo domingos e feriados, das 15h às 20h.


^

 

PortoCartoon
em Cantanhede

Está patente, desde o dia 5 de Maio, na Casa da Cultura de Cantanhede, a exposição do PortoCartoon-World Festival sobre "Direitos Humanos".

A mostra reúne mais de duas centenas de cartoons sobre o tema, nomeadamente os trabalhos premiados no X PortoCartoon e os trabalhos seleccionados pelo júri internacional do festival.

Nesta iniciativa subordinada ao tema "Direitos Humanos", o público poderá apreciar os trabalhos premiados, entre os quais se destaca o "Grande Prémio" - "A Chama Olímpica" – do cartunista português Augusto Cid.

Patentes estarão também as menções honrosas e alguns dos melhores desenhos como a caricatura de "Dalai Lama", feita por António Santos (Menção Honrosa), na Casa da Cultura de Cantanhede de outros galardoados dos seguintes países: Azerbeijão, Bélgica, Brasil, Colômbia, Coreia do Sul, Espanha, França, Inglaterra, México, Polónia e Turquia.

Os desenhos expostos pretendem alertar, com humor e sátira, para a contínua violação dos Direitos Humanos em pleno séc. XXI

A divulgação do último relatório da Amnistia Internacional reforça a pertinência deste tema tratado por cerca de 500 artistas, de 70 países participantes no PortoCartoon (em 2008), certame que coloca Portugal no pódio do humor mundial.

A exposição pode ser vista até finais de Junho na Casa da Cultura de Cantanhede, pertencente à autarquia local.


 


^

  

Artista moldavo
Vence Concurso
Europeu de Cartoon



O cartunista Valeriu Kurtu, da Moldávia, conquistou o Primeiro Prémio do III Concurso Europeu de Cartoon, subordinado ao tema "Criatividade e Inovação". O segundo prémio desta iniciativa organizada pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI) foi atribuído a Plantu, grande figura do jornal francês "Le Monde", e o terceiro a Alessandro Gatto, da Itália.
O português Santiagu (António dos Santos) ganhou uma menção honrosa, com uma caricatura de Siza Vieira.

Registou-se a participação de mais de uma centena de humoristas de 30 países, com cerca de 350 desenhos. A Turquia é o país com mais participantes, logo seguido da Roménia, Espanha, Rússia, Eslováquia e Polónia.

A apreciação dos trabalhos concorrentes foi feita por um Júri internacional presidido por Peter Nieuwendijk, Presidente-Geral da FECO, e que integrou Xaquin Marín, ex-Director do Museo de Humor de Fene (Espanha) e Luís Humberto Marcos, Director do Museu Nacional da Imprensa.

A elevada qualidade dos desenhos levou o Júri a atribuir mais seis Menções Honrosas a artistas da Bélgica, Espanha, França, Itália, Roménia e Ucrânia.

Este concurso internacional iniciou-se em 2007, com o tema "Desigualdades, Discriminação e Preconceitos" e enquadra-se na linha de trabalho que o MNI tem vindo a desenvolver, no âmbito da promoção do desenho de humor, cuja expressão mais forte é o PortoCartoon-World Festival, iniciado em 1999.

A posição deste certame no pódio do humor mundial e a organização do Concurso Europeu de Cartoon, sempre subordinado aos temas anuais da União Europeia, reforçam a designação do Porto como "Capital do Cartoon", feita internacionalmente em 2008.

O IV Concurso Europeu de Cartoon/European Cartoon Contest será subordinado Ano Europeu do "Combate à Pobreza e à Exclusão Social".


  Menção Honrosa - Ludo Goderis - Bélgica

  Menção Honrosa - Agim Sulaj - Itália

Menção Honrosa - Kazanevsky - Ucrânia


1º Prémio Valeriu Kurtu - Moldávia

   2º Premio Plantu - França

3º Prémio - Alessandro Gatto - Itália

Menção Honrosa - Mihai Ignat - Roménia


  Menção Honrosa - António Santos - Portugal

  Menção Honrosa - Napo - França

  Menção Honrosa - Harca - Espaha


^

  

Cartunista da Polónia
vence o XII PortoCartoon



Jerzy Gluszek, da Polónia, foi o vencedor do Grande Prémio do XII PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, subordinado ao tema "Aviões e Máquinas Voadoras".
O segundo Prémio foi atribuído a Mahmood Azadnia, do Irão e o terceiro a Stefaan Provijn, da Bélgica.
O tema escolhido teve por objectivo homenagiar o pioneirismo de Bartolomeu de Gusmão que em 1709 fez subir o seu aeróstato, em Lisboa.
A elevada qualidade dos trabalhos, levou o júri internacional a atribuir ainda 18 Menções Honrosas a artistas de 11 países: Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil (3), Cuba, Escócia, França, Irão (2), Portugal (3), Roménia e Turquia (3).
A organização registou a participação de seiscentos humoristas de 71 países, com cerca de 2100 desenhos. O Irão é o país com mais participantes - mais de 90 cartunistas, com 322 desenhos - logo seguidos do Brasil, Turquia, Roménia, Sérvia e da China. Especial destaque merece a participação de 45 mulheres, 16 das quais são do Irão, e a apresentação de vérias peças escultóricas.
O PortoCartoon-World Festival é considerado pela FECO (Federation of Cartoonists' Organizations), um dos três principais festivais de desenho humorístico do mundo, o que coloca Portugal no pódio dos concursos de Humor.
O Júri internacional do XII PortoCartoon foi presidido por Georges Wolinski (França) e integrou ainda: Peter Nieuwendijk, Presidente-geral da Feco (Holanda); Xaquín Marín, ex-Director do Museo de Humor de Fene (Espanha); Luís Mendonça, Representante da Faculdade de Belas Artes do Porto e Luís Humberto Marcos, director do PortoCartoon e do Museu Nacional da Imprensa.
Os vencedores do XII PortoCartoon receberão os troféus e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, em Junho, aquando das Festas do S. João.
Várias centenas de milhares de visitantes já visitaram as onze edições do PortoCartoon realizadas nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, e nas diferentes cidades por onde passaram as exposições, incluindo Argentina, Brasil, França, Espanha e México.


1º Prémio
Jerzy Gluszek – Polónia – In the air tonight"


2º Prémio
Mahmood Azadina – Irão – Air Bus


3º Prémio
Stefaan Provijn – Bélgica – "A plane built on hope"


^

    

XI PortoCartoon-World Festival
'Jantar da crise' vence
Prémio do Público



Zygmunt Zaradkiewicz, cartunista e ilustrador polaco, foi o vencedor do "Prémio do Público" do XI PortoCartoon-World Festival, subordinado ao tema das "Crises".

A votação decorreu entre Julho e Dezembro e os milhares de votantes destacaram o humor surrealista de Zaradkiewicz, participante habitual do PortoCartoon, com uma diferença de 30 votos, aproximadamente.

Os visitantes que passaram pelos vários locais da exposição (Museu Nacional da Imprensa, Aeroporto do Porto e sede da CGD) e os cibernautas escolheram o desenho de Zaradkiewicz que obtivera o 3º lugar na votação do Júri Internacional do certame, seguido dos trabalhos de António Santos "Santiagu" (Portugal) e Mihai Ignat (Roménia), vencedor do Grande Prémio. A participação dos cibernautas foi feita através da "montra" existente no Museu Virtual do Cartoon (www.cartoonvirtualmuseum.org) .

O cartoon de Zaradkiewicz, uma pintura em pastel e lápis, tem um título muito simples: "Jantar da crise".

Esta foi a quarta edição do "prémio do público" lançado em 2006 e, tal como as anteriores, implica que o vencedor seja convidado a fazer uma "exposição antológica" sobre a sua obra, no próximo PortoCartoon. Nas edições anteriores ganharam Guo Zhong, da China, Ludo Goderis, da Bélgica, e Ronaldo, do Brasil.

A exposição antológica do artista polaco será aberta no final de Junho, durante o XII PortoCartoon, edição que tem como tema "Aviões e Máquinas Voadoras", em homenagem ao pioneirismo de Bartholomeu de Gusmão. Na mesma altura, durante as festas sanjoaninas, será colocada uma nova escultura humorística na "baixa" do Porto, em reforço da proclamação, feita em 2008, do Porto como "Capital do Cartoon".

Recorda-se que a escultura colocada em 2009 no Castelo do Queijo é precisamente alusiva ao Grande Prémio de Ignat.

 

 


Prémio do Público - Zygmunt Zaradkiewicz
"Jantar da Crise"


António Santos ("Santiagu")
Papa Bento XVI


Mihai Ignat
sem título


^